Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos arqueométricos de fragmentos cerâmicos da região norte do Peru

Processo: 17/11178-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Nuclear
Pesquisador responsável:Márcia de Almeida Rizzutto
Beneficiário:Isabela de Morais Bertini
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/07366-1 - Coletar, identificar, processar, difundir: o ciclo curatorial e a produção do conhecimento, AP.TEM
Assunto(s):Arqueometria   Cerâmica (materiais cerâmicos)   Cerâmica arqueológica   Fluorescência de raio X   Peru (país)

Resumo

A arqueometria é definida como a aplicação das ciências experimentais, naturais e tecnológicas para o conhecimento e caracterização dos objetos de arte, arqueológicos e materiais do patrimônio cultural para auxiliar na ciência da conservação, arqueologia, história, arte, etc. As várias metodologias científicas empregadas, em conjunto com os diferentes pesquisadores, auxiliam o estudo, a caracterização e melhor entendimento dos objetos de patrimônio cultural e, assim, permitem extrair informações sobre os processos de manufatura, tecnologias empregadas e podem estar relacionadas às sociedades culturais produtoras deste material ou ao artista que realizou a obra. As análises físicas e químicas são importantes para estudar diferentes materiais, principalmente os cerâmicos, que estão intimamente relacionados à cultura de povos antigos. As informações arqueométricas desse material podem auxiliar na construção da memória do processo de produção das sociedades. Dentro deste intuito este trabalho trata da análise arqueométrica de fragmentos cerâmicos oriundos de escavações arqueológicas de diferentes setores do complexo arqueológico: Huaca Ventarrón, Collud e Zarpan, situado na costa do norte do Peru, que estão sendo estudados em um projeto de colaboração Brasil-Peru de responsabilidade da arqueóloga Profa. Dra. Marcia Arcuri (Universidade de Ouro Preto e Museu de Arqueologia e Etnologia da USP) em parceria com as Dras. Fabiola André Silva e Silva Cunha Lima do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e a Profa. Marcia A. Rizzutto do Instituto de Física da USP que orienta este projeto. (AU)