Busca avançada
Ano de início
Entree

Interface de usuário para apoio a consciência situacional de incêndios florestais

Processo: 18/00228-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Állan César Moreira de Oliveira
Beneficiário:Renato Gonçalves Rodrigues
Instituição-sede: Centro Universitário Eurípedes Soares Rocha. Fundação de Ensino Eurípedes Soares Rocha (FEESR). Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Incêndios florestais   Aplicativos móveis   Interface usuário-computador   Inteligência

Resumo

Consciência Situacional (Situation Awareness - SAW) é um processo cognitivo definido como a percepção de elementos e eventos em um volume de tempo e espaço, o entendimento da situação atual e a projeção do seu estado futuro. Por ser um pré-requisito para a tomada de decisão em sistemas complexos e dinâmicos, falhas na SAW são uma fonte reconhecida de erros e acidentes em diversos domínios, inclusive o de resposta a emergência. Nesse domínio, o estado da arte de sistemas de avaliação de situações propõe processos de fusão de informações com Interfaces de Usuário (IU) para melhorar o encaixe cognitivo entre o sistema e o humano e assim melhor apoiar a aquisição da SAW. Entretanto poucos sistemas modelam uma participação proativa do usuário nesse processo, principalmente considerando a qualidade da informação e seu uso na parametrização da fusão. Indo além, esses sistemas dependem de informações de inteligência humana (HUMINT), que naturalmente tem um nível maior de incerteza e qualidade menor. Portanto, este projeto propõem o design e desenvolvimento de uma IU para o comando e controle do sistema DF100Fogo que irá atuar na visualização de informações com representação de índices de qualidade, e no uso da comunicação entre membros de uma equipe como importante fonte de dados sobre a situação corrente. Espera-se que a interpretação e análise da comunicação (considerada uma informação de inteligência humana - HUMINT) através de protocolos verbais atuem como gatilho para rotinas de refinamento da situação atual sendo processada pelo sistema. Em um estudo de caso, serão utilizadas informações reais de incêndios florestais reportados por meio do aplicativo de emissão de alertas e do aplicativo para bombeiros de campo que fazem parte do sistema DF100Fogo. Para avaliar a abordagem, serão feitas duas avaliações, a primeira para medir a usabilidade da interface, e a segunda para medir o nível de SAW dos usuários. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.