Busca avançada
Ano de início
Entree

Cardiotocografia como método de diagnóstico da ocorrência de sofrimento fetal durante a vida intrauterina de fetos de caprinos da raça Saanen: padronização da metodologia de exame

Processo: 17/23506-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Melina Marie Yasuoka
Beneficiário:Bruna Caroline Pimentel Furlan
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Caprinos   Ruminantes   Cardiotocografia   Frequência cardíaca fetal

Resumo

A cardiotocografia é um dos exames mais utilizados na avaliação da vitalidade fetal na medicina humana. O exame baseia-se no comportamento da freqüência cardíaca fetal e é efetuado por meio de dispositivo especial (cardiotocógrafo), o qual registra em traçados próprios a freqüência cardíaca fetal, as contrações uterinas e os movimentos corpóreos fetais. A presente pesquisa, pelo delineamento experimental proposto, terá a finalidade de padronizar a técnica de cardiotocografia a ser utilizada para avaliar a existência de hipóxia/sofrimento fetal durante a vida intrauterina de caprinos, procurando estabelecer, no último mês da gestação, os valores de normalidade da frequência cardíaca para fetos sadios bem como determinar o padrão de acelerações e desacelerações do batimento cardíaco associado à movimentação do feto e às contrações uterinas nos parâmetros obtidos nessa cardiotocografia. Para a realização da presente pesquisa, serão acompanhadas as gestações de 30 cabras da raça Saanen, sendo os animais examinados em dois momentos entre 8 e 15 dias antes do parto e 1 a 7 dias antes do parto. Todas as fêmeas utilizadas serão saudáveis, estarão gestando um feto e terão partos eutócicos. Para a realização da cardiotocografia, será utilizado o Monitor Fetal - Cardiotocógrafo Microprocessado, Modelo MFCM-7000, da empresa MEDPEJ - Equipamentos Médicos Ltda., sendo que o tempo de duração do exame será de no mínimo 20 e no máximo 40 minutos por animal. Durante o exame, será determinado qual a região do abdômen é a mais propícia para a sua realização, registrado o local no qual o melhor sinal da frequência cardíaca fetal poderá ser obtido. Os seguintes parâmetros serão determinados: a) avaliação da frequência cardíaca basal; b) ocorrência de acelerações e desacelerações sem estimulação externa; c) acelerações e desacelerações decorrentes da movimentação espontânea do feto; d) acelerações e desacelerações decorrentes da contração uterina. (AU)