Busca avançada
Ano de início
Entree

Substituição de farinha de peixe por concentrado protéico de soja na alimentação de dourados (Salminus brasiliensis) e pacus (Piaractus mesopotamicus: aspectos zootécnicos, fisiológicos e moleculares

Processo: 15/23796-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:José Eurico Possebon Cyrino
Beneficiário:Rafael Estevan Sabioni
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/22703-7 - Resposta olfatória e gustatória de peixe-dourado (Carassius auratus) a aminoácidos: Efeitos na distribuição tecidual e expressão gênica de hormônios reguladores do apetite., BE.EP.PD
Assunto(s):Peixes   Fisiologia   Nutrição animal

Resumo

O Brasil está inserido entre os 15 principais produtores mundiais de pescado oriundo da aquicultura. A expansão da atividade exige mais estudos com foco na substituição das fontes dietéticas de proteína animal, em particular a farinha de peixe (FP), principal fonte proteica na dieta de peixes, por fontes vegetais, mais abundantes, menos onerosas e sustentáveis. A inclusão de fontes proteicas vegetais nas dietas é limitada pela presença de fatores antinutricionais (FAN), que diminuem a absorção dos nutrientes, podendo comprometer o epitélio intestinal e saúde, principalmente dos peixes carnívoros. Com processamento adicional, a inativação de FANs e redução dos níveis de lipídeos e carboidratos dos ingredientes, resultando em concentrados proteicos, as fontes vegetais podem ser mais bem aproveitadas. Este é o caso do concentrado proteico de soja (CPS), oriundo do processamento adicional do farelo de soja (FS). Grande parte das pesquisas nesta área avalia apenas o desempenho zootécnico, pouco se atendo a fatores fisiológicos e de sanidade. Desta forma o presente projeto propõe fazer a análise associada de parâmetros de crescimento à expressão de genes relacionados com a alimentação, histologia intestinal e estudo isotópico da contribuição das fontes (FP e CPS) para a formação muscular em juvenis de pacu e dourado, duas espécies nativas de interesse para aquicultura, de hábito alimentar, onívoro e carnívoro, respectivamente. Os resultados do estudo devem contribuir para a determinação de níveis de inclusão que sejam vantajosos do ponto de vista produtivo, levando em consideração a saúde e bem estar dos peixes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)