Busca avançada
Ano de início
Entree

Ações de prevenção e controle da Leishmaniose Visceral Canina e Humana, numa perspectiva transdisciplinar, no município de Araçatuba, São Paulo, Brasil

Processo: 17/24538-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Katia Denise Saraiva Bresciani
Beneficiário:Graziella Borges Alves
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Flebotomíneos   Prevenção de doenças   Leishmaniose visceral   Leishmaniose visceral animal   ELISA em animal   Modelos animais   Araçatuba (SP)

Resumo

A Leishmaniose Visceral Americana (LVA) é uma doença de suma importância epidemiológica mundial. No Brasil, essa parasitose é causada pela Leishmania (Leishmania) infantum chagasi, sendo transmitida aos seres humanos, animais silvestres e domésticos por picadas dos flebotomíneos vetores. Por tanto, neste projeto serão instituídas ações de prevenção e controle da Leishmaniose Visceral Canina e Humana, numa perspectiva transdisciplinar, na área urbana do município de Araçatuba, SP. Um total de 72 residências serão monitoradas por um período de dois anos, com realização de coletas mensais de flebotomíneos com armadilhas luminosas do tipo CDC. Questionários epidemiológicos sobre LVA serão aplicados aos moradores em forma de entrevistas, e a partir deste resultado será elaborada um ação educativa, que será realizada a cada seis meses. Punções aspirativas de linfonodos serão executadas, para analises parasitológicas, bem como serão feitos exames sorológicos como imunoensaio enzimático (ELISA) e o Teste rápido (DPP -BioManguinhos®) dos cães para o diagnóstico de Leishmania spp., e encoleiramento dos mesmos, a cada oito meses, bem como análise molecular das amostras caninas e dos insetos vetores. Assim, em um trabalho conjunto com os agentes da saúde será implementado um programa de educação para o controle da Leishmaniose Visceral em cães e seres humanos, desta áreas endêmicas. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALVES, Graziella Borges. Epidemiologia da Leishmaniose Visceral Canina e Distribuição do Vetor no Município de Araçatuba, São Paulo, Brasil.. 2019. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.