Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura e Ecologia das comunidades bentônicas da elevação do Rio Grande e sua conservação diante da mineração de mar profundo

Processo: 17/11884-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Paulo Yukio Gomes Sumida
Beneficiário:Paulo Vinicius Ferraz Corrêa
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia   Ecologia de comunidades   Bentos   Biodiversidade   Fundo oceânico   Mineração   Área de proteção ambiental   Biologia molecular   Atlântico Sul

Resumo

A Elevação do Rio Grande (ERG) é uma região de grande interesse comercial e científico, devido ao seu potencial para a mineração de elementos E-tech. Tratam-se de metais conhecidos como terras raras, entre outros, para os quais existe uma grande demanda devido a sua aplicação na indústria de alta tecnologia e em tecnologias verdes. Recentemente, a International Seabed Authority e o Serviço Geológico do Brasil firmaram um contrato que permite a exploração de certas áreas da ERG pelo Brasil. Entretanto, esse contrato também obriga um estudo inicial da biodiversidade dessas áreas e uma avaliação dos impactos ambientais provenientes da mineração. O objetivo do presente projeto é caracterizar as comunidades bentônicas de diferentes habitats da ERG e comparar essas comunidades a partir de dados ecológicos e fatores ambientais, visando a criação de áreas ambientais protegidas. A coleta de dados biológicos será feita através de imagens de vídeos e amostradores de fundo oceânico. Após serem triados, os espécimes coletados serão classificados e identificados através da morfologia e técnicas de Biologia Molecular. A partir desses resultados serão calculados e comparados dados ecológicos das comunidades dos diferentes pontos e habitats amostrados. No final, esses dados vão ajudar a inferir a biodiversidade e entender os padrões ecológicos da ERG e levar a uma proposta de criação de áreas protegidas dentro da ERG, a fim de preservar a fauna bentônica dos possíveis impactos da mineração de mar profundo no futuro. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONTSERRAT, FRANCESC; GUILHON, MAILA; FERRAZ CORREA, PAULO VINICIUS; BERGO, NATASCHA MENEZES; SIGNORI, CAMILA NEGRAO; TURA, PEDRO MARONE; MALY, MASCIMILIANO DE LOS SANTOS; MOURA, DENISE; JOVANE, LUIGI; PELLIZARI, VIVIAN; GOMES SUMIDA, PAULO YUKIO; BRANDINI, FREDERICO PEREIRA; TURRA, ALEXANDER. Deep-sea mining on the Rio Grande Rise (Southwestern Atlantic): A review on environmental baseline, ecosystem services and potential impacts. DEEP-SEA RESEARCH PART I-OCEANOGRAPHIC RESEARCH PAPERS, v. 145, p. 31-58, MAR 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.