Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito dos ácidos graxos de cadeia curta e seu receptor FFAR2 sobre o desenvolvimento de periodontite em modelo experimental

Processo: 17/25679-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marco Aurélio Ramirez Vinolo
Beneficiário:Bruna Karadi da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Reabsorção óssea   Periodontite   Inflamação   Neutrófilos

Resumo

A periodontite é uma patologia inflamatória crônica que atinge milhões de pessoas em todo o mundo. Essa doença é caracterizada por disbiose da microbiota oral, aumento de recrutamento e ativação de células inflamatórias nos tecidos periodontais, o que pode levar a sua destruição e consequente perda dos tecidos de suporte dos dentes. Estudos recentes têm evidenciado que a microbiota intestinal pode regular a inflamação em diferentes tecidos e o remodelamento ósseo. Contudo, ainda se sabe pouco a respeito da sua influência sobre o desenvolvimento da periodontite e, principalmente, não se conhece os mecanismos moleculares envolvidos nessa interação. Nesse contexto, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo avaliar a ação de produtos do metabolismo da microbiota, os ácidos graxos de cadeia curta (AGCCs), e seu receptor (FFAR2) sobre o desenvolvimento da periodontite experimental em camundongos. Para tanto, utilizaremos modelo experimental de periodontite por ligadura (colocação de uma linha de sutura em torno do primeiro molar do camundongo) e estratégias que aumentam ou reduzem a concentração intestinal e sistêmica de AGCCs incluindo a administração desses compostos na água de beber, uso de dietas com e sem fibras solúveis (fonte para geração intestinal de AGCCs) e depleção de microbiota intestinal com antibióticos. Além disso, faremos experimentos com camundongos que expressam (FFAR2+/+) ou não o receptor (FFAR2-/-) de AGCCs em todas as células ou apenas nas células hematopoéticas (experimentos com quimeras de medula óssea). Nesses modelos avaliaremos a reabsorção do tecido ósseo alveolar, a expressão de marcadores inflamatórios na gengiva e nos linfonodos submandibulares, além das populações leucocitárias presentes nesses tecidos. As concentrações de AGCCs presentes na corrente sanguínea e no conteúdo luminal dos animais também serão mensuradas e relacionadas com a intensidade da doença. A compreensão dos fatores ambientais que contribuem para doenças inflamatórias como a periodontite, neste caso a relação com os produtos da microbiota intestinal, é essencial para o desenvolvimento de estratégias de prevenção e tratamento dessas doenças. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FACHI, JOSE LUIS; FELIPE, JAQUELINE DE SOUZA; PRAL, LAIS PASSARIELLO; DA SILVA, BRUNA KARADI; CORREA, RENAN OLIVEIRA; PEREIRA DE ANDRADE, MIRELLA CRISTINY; DA FONSECA, DENISE MORAIS; BASSO, PAULO JOSE; SARAIVA CAMARA, NIELS OLSEN; DE SALES E SOUZA, ERICKA LORENNA; MARTINS, FLAVIANO DOS SANTOS; SATO GUIMA, SUZANA EIKO; THOMAS, ANDREW MALTEZ; SETUBAL, JOAO CARLOS; MAGALHAES, YULI THAMIRES; FORTI, FABIO LUIS; CANDREVA, THAMIRIS; RODRIGUES, HOSANA GOMES; DE JESUS, MARCELO BISPO; CONSONNI, SILVIO ROBERTO; FARIAS, ALESSANDRO DOS SANTOS; VARGA-WEISZ, PATRICK; RAMIREZ VINOLO, MARCO AURELIO. Butyrate Protects Mice from Clostridium difficile-Induced Colitis through an HIF-1-Dependent Mechanism. CELL REPORTS, v. 27, n. 3, p. 750+, APR 16 2019. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.