Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do sistema de vigilância para Peste Suína clássica do Equador: proposta de sistema de vigilância baseado em risco

Processo: 17/22912-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Fernando Ferreira
Beneficiário:Alfredo Javier Acosta Batallas
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Epidemiologia   Peste suína clássica   Erradicação de doenças   Vigilância epidemiológica   Análise de risco   Equador

Resumo

A Peste Suína clássica é uma doença viral altamente contagiosa que afeta os suínos domésticos e silvestres. Sendo considerada a doença de maior importância econômica na produção suína ao redor do mundo. Equador é um país onde a doença é endémica, mas desde 2014 um programa de controle foi implementado aplicando estratégias para vigilância e controle, projetando a futura erradicação. O sistema de vigilância epidemiológica veterinária representa a coluna vertebral do processo para controle e erradicação aplicados para a melhora da saúde e produtividade animal. Este processo compreende atividades como inspeção a granjas, colheita de amostras, processamento e análise de dados sanitários e geográficos, interpretação de fatores de risco, diagnóstico sorológico e molecular; sendo atividades de prevenção e controle com forte impacto na cadeia produtiva e na vida de milhares de produtores. A avaliação do sistema de vigilância epidemiológica é um processo imprescindível no momento de avançar nos planos de controle e erradicação pois, quanto mais sensível, confiável e representativo o sistema seja, melhor a compreensão da dinâmica da doença e mais eficazes e eficientes serão as ações com o objetivo de diminuir e erradicar a doença em menor tempo. Uma das melhores estratégias aplicáveis ao melhoramento dos sistemas de vigilância epidemiológica é a técnica de vigilância baseada em risco, que propõe a reestruturação do sistema de forma mais efetiva e eficiente, ou seja, propõe modificações no seu desenho de forma a maximizar a sensibilidade do mesmo, considerando os fatores de risco presentes na população alvo. O objetivo do presente trabalho é avaliar o sistema de vigilância para a Peste Suína clássica existente atualmente no Equador e propor um modelo de vigilância epidemiológica baseado em risco apoiando o processo com vistas à erradicação da doença naquele país. (AU)