Busca avançada
Ano de início
Entree

Contexto estratigráfico e paleoambiental das assembleias de macroinvertebrados da Formação Romualdo, Cretáceo da Bacia do Araripe, e suas implicações paleogeográficas

Processo: 17/20803-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Marcello Guimarães Simões
Beneficiário:Suzana Aparecida Matos da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Tafonomia   Cretáceo   Paleoecologia   Bioestratigrafia   Geologia regional   Estratigrafia

Resumo

No Cretáceo da Bacia do Araripe (i.e., formações Crato e Romualdo) estão registrados alguns dos mais espetaculares depósitos fossilíferos (Konservat-Largestätten) do Mesozoico do Gondwana, gerados durante o desmantelamento desse supercontinente e consequente abertura do Oceano Atlântico Sul. Como resultado desse processo, as unidades estratigráficas mais superiores do Grupo Santana (i.e., Formação Romualdo) registram importante ingressão marinha aptiana. Vários aspectos desse evento (i.e., direção e extensão da transgressão) são ainda muito controversos. Essa ingressão marinha é caracterizada por um ciclo transgressivo-regressivo limitado por discordâncias regionais. Nesse projeto serão investigadas mudanças nas paleocomunidades de macroinvertebrados bentônicos, associadas às variações paleoambientais ocorridas durante o ciclo transgressivo-regressivo da Formação Romualdo. O projeto focará em extensa análise paleoecológica quantitativa de conjuntos de amostras já coletadas com grande acuracidade estratigráfica (metro a metro), precisamente posicionadas no arcabouço de estratigrafia de sequencias disponível para a Formação Romualdo. Para determinar a natureza das mudanças paleoambientais serão consideradas analises de fácies sedimentares, tafonômicas e paleoecológicas (i.e., composição faunística, abundância relativa, diversidade) de alta resolução. O objetivo principal é demonstrar como as paleocomunidades responderam às variações paleoambientais associadas às oscilações no nível do mar. A definição do caráter paleoecológico das assembleias fósseis da Formação Romualdo é tema inédito e chave para o entendimento da paleogeografia e correlação estratigráfica do intervalo Aptiano-Albiano das bacias interiores do NE brasileiro.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA SILVA, VICTOR R.; VAREJAO, FILIPE G.; MATOS, SUZANA A.; FUERSICH, FRANZ T.; SKAWINA, ALEKSANDRA; SCHNEIDER, SIMON; WARREN, LUCAS V.; ASSINE, MARIO L.; SIMOES, MARCELLO G. Cratonaia novaolindensis gen. et sp. nov. (Unionida, Silesunionoidea) from the Aptian of Brazil (Araripe Basin), and its implications for the early evolution of freshwater mussels. CRETACEOUS RESEARCH, v. 107, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.
VAREJAO, F. G.; FUERSICH, F. T.; WARREN, V, L.; MATOS, S. A.; RODRIGUES, M. G.; ASSINE, M. L.; SALES, A. M. F.; SIMOES, M. G. Microbialite fields developed in a protected rocky coastline: The shallow carbonate ramp of the Aptian Romualdo Formation (Araripe Basin, NE Brazil). SEDIMENTARY GEOLOGY, v. 389, p. 103-120, JUL 1 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.