Busca avançada
Ano de início
Entree

Arqueologia histórica na Galilea Romano-Bizantina - monumentalidade, cultura material e a luta pelo sucesso religioso

Processo: 17/24205-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Antiga e Medieval
Pesquisador responsável:Ivan Esperança Rocha
Beneficiário:Marcio Teixeira Bastos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/18665-2 - Análise espacial, sistemas de informação geográfica e humanidades digitais em arqueologia Romana-Bizantina do oriente antigo, BE.EP.PD
Assunto(s):História antiga   Arqueologia clássica

Resumo

O projeto articula técnicas de microarqueologia, análises espaciais (SIG) e realidade virtual (R.V.) com o objetivo de pesquisar sítios arqueológicos em Israel e abordar o encontro entre o Paganismo Romano e o Judaísmo, assim como a ascensão do Cristianismo no Oriente Médio, através da produção material associada aos respectivos contextos de ocupação e distribuição espacial desses movimentos sociais no território. As técnicas de microanálise, especialmente a Microscopia Petrográfica de Luz Transmitida (MPLT) ou Petrografia Cerâmica, permitem obter informações sobre os materiais utilizados na produção dos bens culturais, técnicas de manufatura, proveniência de matérias-primas e também perícia arqueológica (autenticidade) de artefatos. Inerentes às análises petrográficas estão as análises espaciais de sinagogas e igrejas romano-bizantinas, amparadas pelos Sistemas de Informação Geográficas e as Análises de Rede, que, por sua vez, permitem questionar os quadros de compreensão em relação a um determinado conjunto de dados coletados. A Ciberarqueologia propicia acesso único à interação cognitiva com os sítios arqueológicos através da Realidade Virtual.