Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação do potencial de fungos filamentosos para biotransformar o ácido ent-poliáltico

Processo: 17/20397-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Niege Araçari Jacometti Cardoso Furtado
Beneficiário:Lívia Maria Fernandes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biotransformação   Química de produtos naturais   Fungos   Oleorresinas   Copaifera   Diterpenos

Resumo

O projeto prevê a investigação de diferentes condições de cultivo de cinco linhagens de fungos filamentosos com o intuito de avaliar a influência do meio de cultura e do tempo de incubação nas reações de biotransformação do ácido ent-poliáltico. Pretende-se também selecionar uma ou duas linhagens de fungos filamentosos promissoras para biotransformar este diterpeno. O ácido ent-poliáltico é um diterpeno furânico de esqueleto labdano já identificado como constituinte das oleorresinas de diferentes espécies de Copaifera sp., sendo o constituinte majoritário da oleorresina de Copaifera duckei. Oleorresinas das espécies de Copaifera são comercializadas por todo o Brasil, sendo considerada a matéria-prima de origem vegetal mais empregada na medicina popular no Brasil e também são exportadas para outros países. Os fungos filamentosos têm sido extremamente úteis em processos de biotransformação contribuindo para a síntese e obtenção de derivados de moléculas bioativas, bem como para estudos de metabolização, constituindo uma importante ferramenta para obtenção dos metabólitos de interesse em quantidades suficientes para a realização de ensaios toxicológicos e biológicos. Para alcançarem-se os objetivos propostos, cinco linhagens de fungos filamentosos serão cultivadas em diferentes condições e serão obtidos extratos dos caldos e dos micélios das culturas, os quais serão submetidos às análises cromatográficas utilizando-se cromatografia em camada delgada e ainda cromatografia líquida de alta eficiência, acoplada aos detectores DAD e Corona CAD. (AU)