Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação da teoria das marés planetárias a exoplanetas e satélites planetários

Processo: 17/25224-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astronomia de Posição e Mecânica Celeste
Pesquisador responsável:Sylvio Ferraz de Mello
Beneficiário:Gabriel de Oliveira Gomes
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Planetas   Exoplanetas   Satélites   Trajetórias e órbitas

Resumo

Este projeto tem como objetivo estudar a evolução de planetas próximos a estrelas (jupiteres quentes e super-terras), das estrelas hospedeiras de sistemas planetários, e de satélites planetários do sistema solar de grandes proporções. Em todos esses casos, a evolução é regida pela dinâmica das marés, cujos efeitos no movimento rotacional desses corpos depende de como são constituídos e de como respondem a tensões internas. Além disso, o conhecimento das evoluções orbital e rotacional traz informações sobre o passado e o futuro dos sistemas a que pertencem. Para o desenvolvimento do projeto, será utilizada a teoria da fluência newtoniana desenvolvida por Sylvio Ferraz-Mello e posteriormente estendida por Hugo A. Folonier para um corpo com mais de uma camada. (AU)