Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito dos antimicrobianos na infecção polimicrobiana de Aspergillus fumigatus e Pseudomonas aeruginosa

Processo: 17/26076-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Kelly Ishida
Beneficiário:Bruna Nakanishi Fortes
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Micologia   Biofilmes   Antifúngicos   Anti-infecciosos   Marcadores inflamatórios   Resposta inflamatória   Aspergillus fumigatus   Pseudomonas aeruginosa

Resumo

As infecções polimicrobianas estão tomando uma grande relevância já que contam com formação de biofilme misto, aumento da resistência ao antimicrobiano, evasão imunológica, menor tempo para o crescimento e entre diversos outros fatores. Um dos exemplos é a interação entre Aspergillus fumigatus e Pseudomonas aeruginosa, muito frequente na doença fibrose cística, acarretando na intensificação da resposta inflamatória e consequentemente acaba levando a um maior dano tecidual das vias respiratórias. A associação de fungos e bactérias representa uma dificuldade no tratamento, pois são patógenos com diversas características diferentes. No entanto, a presença de ² (1,3) D-glucano tanto na parece celular fúngica quanto no periplasmático cíclico bacteriano, e também, constituindo a matriz extracelular de biofilmes de ambos, abre a possibilidade para uma monoterapia de infecções mistas com equinocandinas. Sendo assim, além do efeito antifúngico das esquinocandinas, essa droga pode ter uma grande importância como antibacteriano. Dessa maneira, esse projeto tem como o objetivo avaliar o efeito da caspofungina na infecção polimicrobiana de A. fumigatus e P. aeruginosa, possibilitando uma melhoria nos sintomas inflamatórios da fibrose cística.