Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização genética e biológica de isolados de dengue Vírus, Zika vírus e Chikungunya Vírus obtidos de uma coorte prospectiva em São José do Rio Preto, SP

Processo: 15/14313-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Maurício Lacerda Nogueira
Beneficiário:Karina Rocha Dutra
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/21719-3 - Estudo epidemiológico da dengue (sorotipos 1 a 4) em coorte prospectiva de São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil, durante 2014 a 2018, AP.TEM
Assunto(s):Febre de Chikungunya   Virologia   Dengue   Vírus Zika   Caracterização

Resumo

A Dengue é uma doença infecciosa viral, sendo uma das mais importantesarboviroses do mundo. O Dengue virus pertence ao gênero Flavivirus (famíliaFlaviviridae) sendo até o presente momento descritos quatro sorotiposgeneticamente e antigenicamente distintos: DENV1-4. O vírus é transmitido pormosquitos Aedes aegypti, principalmente em áreas tropicais e subtropicais,onde as condições climáticas favorecem a manutenção dos vetores. Umaumento na variabilidade genética do vírus tem sido descrito, o que permitecaracterizar genótipos e linhagens distintas dentro de cada sorotipo, sendo queestes podem apresentar diferenças significativas nas características biológicas.Até o presente momento, existe um déficit de estudos realizados de formaabrangente correlacionando a epidemiologia da doença, variabilidade genéticae interação entre os vírus e hospedeiro. Diante disso, esse trabalho pretendeavaliar as características genéticas e biológicas de amostras de Dengue virusisoladas de pacientes acompanhados durante uma coorte prospectiva em SãoJosé do Rio Preto. Através deste estudo se pretende avaliar a incidência e aprevalência dos diferentes sorotipos, analisar filogeneticamente as cepas viraisisoladas no município, correlacionar a variabilidade genética com a virulência,multiplicação e patogenicidade, e correlacionar as características genéticas efenotípicas dos isolados com as características clínico-epidemiológicas dospacientes.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JAQUELINE GOES DE JESUS; KARINA ROCHA DUTRA; FLAVIA CRISTINA DA SILVA SALES; INGRA MORALES CLARO; ANA CAROLINA TERZIAN; DARLAN DA SILVA CANDIDO; SARAH C HILL; JULIEN THÉZÉ; CELESTE TORRES; TATIANA LANG D’AGOSTINI; ALVINA CLARA FELIX; ANDREIA F NEGRI REIS; LUIZ CARLOS JUNIOR ALCANTARA; ANDRÉ L DE ABREU; JÚLIO HR CRODA; WANDERSON K DE OLIVEIRA; ANA MARIA BISPO DE FILIPIS; MARIA DO CARMO RODRIGUES DOS SANTOS CAMIS; CAMILA MALTA ROMANO; NICK J LOMAN; OLIVER G PYBUS; ESTER CERDEIRA SABINO; MAURICIO L NOGUEIRA; NUNO RODRIGUES FARIA. Genomic detection of a virus lineage replacement event of dengue virus serotype 2 in Brazil, 2019. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 115, p. -, 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.