Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização funcional do microRNA-495-3p no Câncer de Tiroide

Processo: 17/21660-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Murilo Vieira Geraldo
Beneficiário:Letícia Ferreira Alves
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia   Neoplasias da glândula tireoide   MicroRNAs   Células tumorais   Genes supressores de tumor   Expressão gênica   Transplante heterólogo   Modelos animais

Resumo

O Carcinoma Tiroidiano é o Câncer endócrino de maior ocorrência mundial, sendo o Carcinoma Papilífero de Tiroide (PTC) o histotipo mais prevalente, compreendendo mais de 80% dos casos. Nos últimos anos atenção tem se voltado ao papel dos microRNAs (miRNAs), pequenos RNAs não codificadores de proteínas, na biologia de células tumorais, em especial no papel dessas moléculas na modulação de vias relacionadas à tumorigênese. Estudos recentes demonstraram a diminuição da expressão de miRNAs da região genômica DLK1-DIO3 (14q32) em diversos tipos de Câncer, incluindo o PTC. Entre os miRNAs situados nesta região, cresce o número daqueles apontados como supressores tumorais. Com base na predição bioinformática de alvos e análise de enriquecimento gênico, um projeto de pesquisa em andamento no laboratório apontou, entre os miRNAs da região DLK1-DIO3, o miR-495-3p como o candidato com maior potencial papel supressor tumoral no PTC. O projeto aqui apresentado tem então como objetivo a identificação e validação funcional das vias de sinalização reguladas por este miRNA no PTC in vitro e in vivo. Possíveis alvos, assim como as vias de sinalização e processos biológicos dos quais o miR-495-3p participa serão preditos por bioinformática. A confirmação das interações miRNA:alvo identificadas in silico será feita através da análise do perfil de expressão gênica de linhagens de PTC que superexpressam miR-495-3p contrastado com o de seus respectivos controles. Análises funcionais in vitro serão realizadas para validar a influência de miR-495-3p sobre vias de sinalização preditas e sobre o fitness das células tumorais. Finalmente, utilizando ensaio de xenotransplante em animais imunosuprimidos, verificaremos, in vivo, o impacto da superexpressão de miR-495-3p sobre os alvos preditos. Este projeto certamente ampliará o entendimento do papel de miR-495-3p na biologia da célula tumoral tiroidiana e facilitará o desenvolvimento de terapia adjuvante para o Câncer de Tiroide. (AU)