Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão heteróloga de uma protease coagulante produzida por Thrmomucor indicae-seudaticae N-31 em Escherichia coli e em Pichia Pastoris

Processo: 17/14629-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Roberto da Silva
Beneficiário:Waldir Eduardo Simioni Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Clonagem   DNA recombinante

Resumo

Os principais coagulantes enzimáticos substituintes do coalho convencional, utilizados na indústria de produtos lácteos, são as proteases. Essas enzimas atuam na atividade proteolítica, clivando ligações peptídicas em proteínas e peptídeos. As proteases aspárticas (EC 3.4.23) são enzimas que possuem a função de hidrolisar especificamente a ligação peptídica da º-caseína entre os aminoácidos Phe105-Met106 liberando para-º-caseína e glicomacropeptídeo, que promove a desestabilização de micelas de caseína, resultando na coagulação do leite. A substituição do coalho tradicional por coagulantes enzimáticos é extremamente necessária, visando à redução do abate de animais para esses fins. Mesmo sendo produzidas por uma gama de microrganismos, ainda há restrições que dificultam o processo de obtenção destes biocatalizadores. Para minimizar tais dificuldades, a utilização de ferramentas de Biologia Molecular representa uma eficiente estratégia para melhorar a produção enzimática. A clonagem e a expressão de genes codificadores de proteases em bactérias e leveduras tornam-se uma alternativa interessante para a utilização das enzimas em bioprocessos consolidados para a produção de queijos. Desta forma, Escherichia coli e Pichia pastoris configuram-se como sistemas viáveis para expressão heteróloga. Levando em consideração a necessidade de um substituinte ao coalho convencional e sua produção em quantidades significativas, o objetivo deste trabalho será clonar e expressar uma protease produzida por Thermomucor indicae-seudaticae N31 em E. coli e P. pastoris, bem como a caracterização bioquímica dessa enzima. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Waldir Eduardo Simioni. Expressão heteróloga de uma protease coagulante produzida por Thermomucor indicae-seudaticae N31 em Escherichia coli e Pichia pastoris. 2019. 62 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.