Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial de lipossomas funcionalizados com transferrina para veiculação de docetaxel no tratamento do câncer de próstata

Processo: 17/25190-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 16 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Mariza Aires Fernandes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/26422-2 - Avaliação do potencial de lipossomas funcionalizados com transferrina para veiculação de docetaxel no tratamento do câncer de próstata, BE.EP.MS
Assunto(s):Lipossomos   Neoplasias da próstata

Resumo

O câncer de próstata é a neoplasia maligna urológica mais comum e a segunda principal causa de mortalidade de homens associada ao câncer no mundo. O tratamento é iniciado por meio de intervenções cirúrgicas que abrangem a prostatectomia radical, seguido de vigilância ativa, tratamentos radioterápicos, além de terapias envolvendo privação androgênica e as imunoterapias. A quimioterapia também é bastante utilizada e recentes estudos demonstraram um controle notável do crescimento do câncer de próstata utilizando docetaxel (DTX), que atua inibindo a proliferação celular a partir do bloqueio mitótico sustentado durante a metáfase/anáfase do ciclo celular, o que promove a polimerização de microtúbulos estáveis e impede a divisão celular. No entanto, o DTX apresenta efeitos colaterais associados a toxicidade, tanto do fármaco como da formulação, Taxotere®. Em consequência disso, o desenvolvimento de sistemas nanotecnológicos de liberação de fármacos, como lipossomas, tem sido promissor para o tratamento do câncer de próstata, em virtude das múltiplas características favoráveis desses nanosistemas, como biocompatibilidade e biodegradabilidade. Uma abordagem atrativa é a modificação superficial dos lipossomas com ligantes específicos dos receptores regulados nas superfícies de células tumorais, como os receptores de transferrina, que são superexpressos em células tumorais de próstata. O atual trabalho visa: desenvolver, caracterizar e avaliar a citotoxicidade in vitro de lipossomas funcionalizados com transferrina para veiculação do docetaxel no tratamento do câncer de próstata. Os lipossomas serão obtidos por meio da técnica clássica da hidratação do filme lipídico. A composição lipídica incluirá fostatidilcolina e colesterol em proporções molares a serem definidas. Para o lipossoma funcionalizado o lipídio DSPE-PEG (2000) maleímida (MAL) será incluído em razão molar a ser definida, para permitir a reação tioeter entre a proteína tiolada e o grupamento maleímida. Os lipossomas serão caracterizados por técnicas de microscopia eletrônica de transmissão (TEM), medidas do tamanho de partícula, PDI e potencial zeta e dicroísmo circular (CD). Os ensaios de liberação serão realizados para lipossomas livres e associados, em seguida as amostras serão filtradas e analisadas pelo método de CLAE. Finalmente serão efetuados ensaios biológicos in vitro para avaliar a citotoxicidade da formulação. Portanto, espera-se obter uma formulação inovadora que permita a entrega direcionada do docetaxel de forma a obter uma terapêutica eficiente para câncer de próstata. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.