Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel das GTPases Cdc42, RhoA e Rac1 no citoesqueleto de actina durante a invasão celular pelas formas tripomastigotas metacíclicas e de cultura de tecido de Trypanosoma cruzi em células HeLa

Processo: 17/24701-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Renato Arruda Mortara
Beneficiário:Bruno Souza Bonifácio
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/15000-4 - Trypanosoma cruzi: variabilidade genômica intra- e interespecífica e mecanismos de invasão/evasão celular, AP.TEM
Assunto(s):Tripomastigotas metacíclicos   Trypanosoma cruzi

Resumo

A doença de Chagas, causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi, é considerada endêmica nas Américas, afetando cerca de 7 milhões de pessoas, com 7 mil mortes por ano. T. cruziapresenta diferentes formas evolutivas: tripomastigotas (formas sanguíneas e metacíclicas), epimastigotas e amastigotas. São as formas tripomastigotas as formas infectivas clássicas, com o metacíclico oriundo do hospedeiro invertebrado capaz de iniciar a infecção no hospedeiro vertebrado, e o sanguíneo a forma que sustenta o ciclo nesse mesmo hospedeiro. A invasão celular pelas formas tripomastigotas é complexa e envolve participação de parasita e hospedeiro, dividida em fase de adesão e internalização com o envolvimento de diversas moléculas e dos lisossomosresultando na entrada do parasita. Não foi plenamente esclarecido na literatura a relação de invasão celular pelo parasita e o citoesqueleto de actina apesar de que existem indícios de interação entre eles. O citoesqueleto de actina está envolvido em diversas funções, incluindo o processo de fagocitose. Sabe-se que a família das Rho GTPases, Cdc42, RhoA e Rac1, são reguladores do citoesqueleto de actina. Já foi descrito pelo nosso grupo o papel das Rho GTPases de células HeLa durante a invasão por amastigotas extracelulares, promovendo a fagocitose induzida desta forma do parasita. Diante da controvérsia atual sobre o papel do citoesqueleto de actina na invasão das formas tripomastigotas, o presente projeto busca avaliar o envolvimento e controle da sinalização de actina pelas Rho GTPases neste processo. Os resultados poderão elucidar os mecanismos moleculares utilizados por essas formas e subsidiar melhores estratégias no tratamento da doença em estudos futuros. (AU)