Busca avançada
Ano de início
Entree

Policiamento e imaginários urbanos: novos formatos de segurança em cidades ao sul

Processo: 18/03020-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Convênio/Acordo: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)
Pesquisador responsável:Susana Soares Branco Durão
Beneficiário:Paola Daniela Argentin
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/19989-5 - Policiamentos e imaginários urbanos: novos formatos de segurança em cidades do sul, AP.R
Assunto(s):Etnografia   Cidades   Segurança pública   Polícia   Violência (criminologia)

Resumo

Este projeto propõe-se desenvolver uma etnografia comparada de novos formatos de segurança que estão a emergir em contextos urbanos tanto do sul da Europa como do Sul Global. O enfoque está centrado em novos projetos de policiamento que se vão desenvolvendo nas margens - numa zona cinzenta entre o militar e o civil, o legal e o ilegal, o formal e o informal, o visível e o invisível, a violência e a paz. As modalidades de policiamento cobertas por este projeto serão agrupadas em dois clusters empíricos distintos: o primeiro cluster dedica-se a atividades de policiamento oculto motivadas pelo medo da revolta social e política, o segundo em atividades de policiamento de proximidade motivadas pelo medo da violência física. Em cada cluster, o projeto pretende recolher perspectivas tanto da oferta como da procura de policiamento, evitando assim as circunscrições mais comum que têm levado a etnografias unilaterais. O projeto pretende igualmente apresentar resultados que sejam aplicáveis para além da academia, através de um conjunto de atividades de extensão envolvendo sessões de formação e grupos de discussão com o propósito de promover uma cultura de segurança atenta à questão dos limites morais e legais. (AU)