Busca avançada
Ano de início
Entree

Transculturalidade e memória na diáspora negra: uma leitura comparada entre as poéticas de salgado Maranhão e George Elliott Clarke

Processo: 17/22900-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Teoria Literária
Pesquisador responsável:Paulo César Andrade da Silva
Beneficiário:Paulo César Andrade da Silva
Anfitrião: Odile Cisneros
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Alberta, Canadá  
Assunto(s):Literatura comparada

Resumo

Partindo da hipótese de que há fatores de transtextualidade que colocam os textos de literatura negra em relação (BERND, 1988), a presente pesquisa tem como objetivo investigar como os elementos advindos de um mesmo tronco cultural, a diáspora negra, são representados na poesia afro-canadense e na poesia afro-brasileira. A pesquisa aponta para uma comparação entre o Brasil e o Canadá, países que possuem a diversidade cultural em suas raízes e que têm em comum o fato de terem sido colonizados por nações europeias. Pretendemos analisar os denominadores comuns (temas, motivos) entre a poética do norte-canadense George Elliott Clarke (1960 - ) e a obra de Salgado Maranhão (1953 - ), a fim de observar o diálogo que a poesia de ambos estabelece com a temática da diáspora nas encruzilhadas étnico-culturais das Américas e com a transculturação, além de descrever e analisar os procedimentos técnicos e formais de ambos os poetas. Investigaremos as linhas de força em comum, as especificidades discursivas e, sobretudo, como cada poeta em contextos históricos, sociais, econômicos específicos, ideologias e elos identitários afins, reelaboram as questões diaspóricas e constroem sua mitologia pessoal, referências e temas (tais como terra, mito das origens e memória ancestral) por meio da linguagem poética. Finalmente, tal análise da produção literária contemporânea da diáspora negra nas Américas deverá ser feita mediante uma metodologia interdisciplinar e comparativa.