Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da temperatura de recozimento na recristalização de um aço de baixa densidade com efeito TWIP conformado por spray

Processo: 18/00400-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Claudemiro Bolfarini
Beneficiário:Lucas Gomes Pallu
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/05987-8 - Processamento e caracterização de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas, AP.TEM
Assunto(s):Conformação por spray

Resumo

Uma das principais demandas para a evolução tecnológica dos aços é a possibilidade de redução da espessura de estruturas. O setor automobilístico visa desenvolver aços mais resistentes com a finalidade de se aumentar a eficiência energética dos automóveis, levando assim a menores consumos de combustíveis fósseis e emissões de gases estufa para a atmosfera. Os aços de baixa densidade consistem em materiais que possuem um elevado potencial de aplicação nesta indústria devido a sua elevada ductilidade derivada de fenômenos de incremento de plasticidade (TRIP, TWIP e MBIP). Estes aços consistem em composições do sistema Fe-Mn-Al-C, sendo que o alumínio possui papel fundamental tanto na redução da densidade quanto na previsão do mecanismo de plasticidade envolvido, devido à sua direta influência na energia de falha de empilhamento do material. Este trabalho possui como objetivo o estudo da influencia da temperatura de recozimento no processo de recristalização de um aço de baixa densidade conformado por spray. A composição química será escolhida de forma a garantir o máximo teor de alumínio que garanta a ocorrência do fenômeno TWIP. A fração recristalizada será verificada a partir de curvas de dureza, assim como pela verificação microestrutural. A fim de se obter uma estrutura homogênea diretamente do líquido, o aço será produzido via conformação por spray e, posteriormente, laminado a frio para redução da porosidade e espessura do lingote produzido. Diferentes temperaturas de recozimento serão empregadas para verificação do fenômeno de recristalização do aço.