Busca avançada
Ano de início
Entree

Impactos de porta-enxertos e sistemas de condução no potencial agronômico, compostos bioativos e aminas biogênicas em uvas e sucos

Processo: 16/07510-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Marco Antonio Tecchio
Beneficiário:Francisco José Domingues Neto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Aminas biogênicas   Compostos bioativos   Fruticultura

Resumo

Esse projeto faz parte do Projeto regular (Processo nº 2015/16440-5). Objetivamos com esse trabalho avaliar os impactos de porta-enxertos e sistemas de condução no potencial agronômico, nos compostos bioativos e nas aminas biogênicas em uvas e sucos. O delineamento experimental será o de blocos casualizados em esquema fatorial 2 x 2, sendo 2 porta-enxertos ('IAC 766' e 'Ripária do Traviú') e 2 sistemas de condução (espaldeira baixa e espaldeira alta), em 4 variedades copa ('Bordô' (Vitis labrusca), IAC 138-22 'Máximo' (híbrido), 'BRS Violeta' (híbrido) e 'Isabel' (Vitis labrusca). Serão avaliadas a peroxidação de lipídios, proteínas totais, atividade das enzimas peroxidase (POD), superóxido dismutase (SOD) e catalase. Na colheita serão avaliadas as seguintes variáveis: número de cachos por planta, produção e produtividade estimada, massa fresca, comprimento e largura de cachos, bagas e engaços e número e massa fresca de sementes por baga. Quanto às características físico-químicas do mosto será avaliado o teor de sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), relação SS/AT, pH e açúcares redutores. Ainda serão avaliadas na casca e polpa das uvas as concentrações de compostos fenólicos, flavonoides e antocianinas monoméricas totais e atividade antioxidante. Nas cascas das uvas serão identificados, via HPLC, os principais compostos fenólicos e flavonóis. Serão elaborados sucos integrais das uvas estudadas, comparando-se os sistemas de condução em cada variedade de uva. A qualidade dos sucos será avaliada sensorialmente e bioquimicamente, determinando-se os SS, AT, pH, açúcares redutores, coloração, compostos fenólicos e antocianinas monoméricas totais e atividade antioxidante. Via HPLC serão identificados e quantificados os principais compostos fenólicos, flavonóis e aminas biogênicas presentes nos sucos integrais de uvas. Os dados serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste Tukey (Pd 0,05). Para verificar o agrupamento das respostas das variedades de uva, será realizada uma análise multivariada via componentes principais (ACP) e uma análise descritiva mediante uso de box plot para a descrição das variáveis em estudo.