Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos efeitos ambientais da eprinomectina: degradação por processos oxidativos avançados e avaliação ecotoxicológica

Processo: 17/26214-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:José Roberto Guimarães
Beneficiário:Raphael Bastão de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Genotoxicidade   Peróxido de hidrogênio

Resumo

Com o intuito de manter a alta produtividade do setor pecuário e diminuir perdas financeiras causadas por diferentes doenças, grandes quantidades de medicamentos veterinários são utilizadas pelos produtores. Dentre as drogas mais comercializadas encontra-se a eprinomectina, pertencente à família das avermectinas, utilizada para combater ampla variedade de parasitas. A eprinomectina, por ser a avermectina mais recente, não possui estudos sobre seus efeitos ecotoxicológicos, principalmente em condições de clima tropical. A contaminação do solo e da água decorrente do seu uso é uma realidade, tornando necessários estudos que visam à análise da sua toxicidade e de tecnologias para sua degradação. Desta forma, este projeto tem como objetivo avaliar a toxicidade da eprinomectina utilizando diferentes organismos testes e verificar a eficácia dos processos oxidativos avançados na sua degradação. Para isso, serão realizados testes de reprodução e de fuga com invertebrados terrestres (Eisenia andrei, Folsomia candida e Enchitraeus crypticus) e testes de fitotoxicidade e genotoxicidade com Allium cepa. Os processos oxidativos avançados foto-Fenton e UV/H2O2 serão utilizados para avaliar a degradação da droga e a toxicidade dos subprodutos formados será analisada com Dhapnia similis. Juntamente com os resultados obtidos no Projeto Temático FAPESP "Resíduos de Medicamentos Veterinários no Ambiente", os dados encontrados na presente proposta contribuirão para melhorar a compreensão dessa classe de drogas no ambiente e, consequentemente, para a redução dos seus possíveis danos.