Busca avançada
Ano de início
Entree

Ferramenta para auxiliar novatos em projeto de software livre a encontrar os artefatos necessários para a correção de bugs

Processo: 18/03407-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Convênio/Acordo: MCTI/MC
Pesquisador responsável:Igor Scaliante Wiese
Beneficiário:Victor José Figueira
Instituição-sede: Campus Campo Mourão. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Ministério da Educação (Brasil). Campo Mourão , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/24527-3 - Apoio a desenvolvedores novatos como forma de fomentar a formação de comunidades de software livre na internet, AP.R
Assunto(s):Processamento de linguagem natural   Software livre   Engenharia de software   Mineração de dados   Repositórios

Resumo

Pesquisadores tem proposto inúmeras métodos para encontrar artefatos propensos a mudar conjuntamente em uma tarefa. Apesar do amplo progresso, nenhuma ferramenta foi feita pensando nas dificuldades encontradas pelos novatos durante a realização das mudanças necessárias para realizar a sua primeira tarefa. Como resultado deste item, espera-se a identificação dos métodos relevantes para a localização de artefatos que mudam conjuntamente em uma tarefa, e disponibilizar essas informações para os novatos, de modo forma a auxiliá-los durante a sua primeira contribuição em um projeto de software. Após selecionados os métodos e estudada as restrições de uso desses métodos, os métodos mais adequados serão selecionados, implementados e disponibilizados no portal de auxílio de novatos. Depois disso, experimentos serão conduzidos para avaliar a sua utilidade em relação a primeira contribuição dos novatos. Após os primeiros experimentos, ajustes serão propostos com o objetivo de melhorar a ferramenta construída. O bolsista também irá trabalhar em conjunto com os outros pesquisadores e bolsistas para enfrentar as dificuldades técnicas e conceber soluções robustas e resilientes. O bolsista também irá trabalhar no desenvolvimento da ferramenta, bem como das atividades de planejamento, condução e análise dos resultados dos estudos, de modo a desenvolver seus conhecimentos científicos, além dos técnicos. (AU)