Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da suplementação de feijão na saúde intestinal, microbioma e inflamação associada à obesidade em camundongos

Processo: 18/03082-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 06 de junho de 2018
Vigência (Término): 05 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcos Ferreira Minicucci
Beneficiário:Bruna Letícia Buzati Pereira
Supervisor no Exterior: Krista Anne Power
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Ottawa (uOttawa), Canadá  
Vinculado à bolsa:14/23215-5 - Influência da suplementação de cajá na remodelação cardíaca após o infarto agudo do miocárdio, BP.DR
Assunto(s):Microbiota   Dieta   Nutrologia   Inflamação   Doença crônica   Intestinos

Resumo

A obesidade é uma epidemia global cujas características incluem a inflamação crônica sistêmica e do tecido adiposo, que é conduzida, em parte, por meio de um microambiente intestinal disfuncional. Uma estratégia chave para modular o fenótipo obeso é o consumo de componentes dietéticos específicos (por exemplo, carboidratos não digeríveis (fibras) e compostos fenólicos) que são enriquecidos nos alimentos, como feijão. Além disso, a diferença entre as variedades de feijão, como a cor da casca da semente, resulta em um diferença importante nos níveis e perfis de compostos fenólicos, portanto, os efeitos da saúde induzida pelo consumo de feijão pode depender da variedade do feijão consumido. Este estudo determinará o efeito do consumo de feijão nos aspectos do fenótipo do obeso. Camundongos C57BL / 6 machos serão suplementados com uma dieta rica em gordura (HFD) (60% de gordura como kcal) ou uma HFD isocalórica suplementada com feijão branco cozido a 15% ou feijão vermelho escuro cozido a 15% por 12 semanas. A composição nutricional dos grãos cozidos e o conteúdo e perfis de compostos fenólicos e potencial antioxidante serão determinados. Os metabólitos microbianos fecais (fenólicos e concentrações de ácidos graxos de cadeia curta) serão obtidos, bem como a estrutura da microbiota. O tecido colônico, o tecido adiposo e as citocinas inflamatórias e anti-inflamatórias séricas serão analisadas, bem como biomarcadores da função metabólica. O teste ANOVA de uma via e o pós teste de Fisher será utilizado para analisar as diferenças entre os grupos. O nível de significância adotado será p <0,05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BUZATI PEREIRA, BRUNA LETICIA; RODRIGUE, ALEXANE; DE OLIVEIRA ARRUDA, FERNANDA CAROLINE; BACHIEGA, TATIANA FERNANDA; MARTINS LOURENCO, MARIA ANGELICA; CORREA, CAMILA RENATA; AZEVEDO, PAULA SCHMIDT; POLEGATO, BERTHA FURLAN; OKOSHI, KATASHI; HENRIQUE FERNANDES, ANA ANGELICA; RUPP DE PAIVA, SERGIO ALBERTO; MAMEDE ZORNOFF, LEONARDO ANTONIO; POWER, KRISTA ANNE; MINICUCCI, MARCOS FERREIRA. Spondias mombin L. attenuates ventricular remodelling after myocardial infarction associated with oxidative stress and inflammatory modulation. JOURNAL OF CELLULAR AND MOLECULAR MEDICINE, MAY 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.