Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da variação de intensidade luminosa em processos de fotoativação de resinas compostas odontológicas e seus efeitos para minimização da contração de polimerização

Processo: 17/08188-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Matemática Aplicada
Pesquisador responsável:Rafael Plana Simões
Beneficiário:Gabriel Felipe Guimaraes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Restauração dentária   Resinas compostas   Fotopolimerização   Polimerização   Composição química   Otimização matemática

Resumo

As resinas compostas são os materiais mais utilizados em restaurações dentárias diretas. Os resultados estéticos dessas restaurações são excelentes, contudo, alguns comportamentos mecânicos durante e após o processo de fotopolimerização são insatisfatórios, em especial, a elevada contração de polimerização. Vários trabalhos de pesquisa têm se dedicado à melhoria do processo de polimerização propondo adequações nas composições químicas das resinas. Contudo, ainda há poucos estudos que se dediquem a melhorias para promover uma padronização técnica-operacional aos Cirurgiões Dentistas durante o processo de polimerização. Em face do exposto, é proposto neste projeto um estudo sistemático para otimização da função de variação de intensidade luminosa em processos de fotoativação. Para esse estudo serão utilizadas técnicas matemáticas de otimização de funções objetivas não lineares, com o objetivo de determinar uma função (ou um conjunto de funções) que promovam a minimização da contração de polimerização. Essas funções serão incorporadas em um aparelho fotoativador alternativo aos disponíveis convencionalmente, o qual já foi desenvolvido pelo grupo de pesquisa. A eficácia das funções de minimização será avaliada por meio do monitoramento da contração de polimerização durante a fotoativação e comparadas com o mesmo resultado para fotoativação utilizando os métodos: convencional, pulse-delay e soft-start. A qualidade das resinas polimerizadas será analisada por ensaios de dureza Knoop e taxa de conversão de monômeros em polímeros, comparando estatisticamente os resultados obtidos para diferentes métodos de fotoativação. (AU)