Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo da atividade vetora de Brevipalpus yothersi (Acari: Tenuipalpidae): vírus da mancha anular do café (CoRSV) x vírus da leprose dos citros (CiLV-C)

Processo: 18/00515-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Valdenice Moreira Novelli
Beneficiário:Guilherme Fernandes Gonçalves
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Entomologia agrícola   Interações hospedeiro-parasita   Dichorhavirus   Brevipalpus yothersi   Ácaros   Vetores de doenças de plantas

Resumo

A doença viral de maior importância atual para a citricultura é a leprose dos citros, transmitida por ácaros do gênero Brevipalpus spp. A leprose, caracterizada por manchas cloróticas e necróticas em folhas, ramos, e frutos, pode afetar diretamente a produção e a vida útil dos pomares. Em estágios avançados a doença pode levar à morte das plantas, sendo a maioria das espécies de laranja doces suscetíveis ao Citrus leprosis virus C (CiLV-C). Outra doença de importância econômica também atribuída a esses ácaros vetores é a mancha anular do café, causada pelo Coffee ringspot virus (CoRSV), que causa perdas significativas aos produtores em várias regiões cafeeiras de Minas Gerais. Igualmente, os sintomas são caracterizados por manchas anelares nas folhas, nos frutos, e ramos verdes, depreciando a produção e afetando a qualidade da bebida. Para ambas as doenças, o manejo consiste na eliminação do vetor via pulverizações de acaricidas, acarretando em prejuízos, seja pelas perdas na produção, alto custo no controle químico e, muitas vezes, comprometimento do ambiente e favorecimento de populações de ácaros resistentes. Embora sejam doenças atribuídas aos mesmos vetores, tratam-se de vírus distintos, com suas peculiaridades, mas que naturalmente podem coexistir nos ambientes e potencializar as perdas econômicas. Considerando a importância crescente de ambas doenças e a dispersão pelo mesmo vetor, esta proposta tem como objetivo obter informações quanto a biologia e comportamento do ácaro B. yothersi frente as distintas interações - CiLV-C e CoRSV x hospedeiras. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.