Busca avançada
Ano de início
Entree

Derivados 4-quinolinonas como candidatos a fármacos antimaláricos: caracterização da atividade Antiplasmodial in vitro, in vivo e de modo de ação

Processo: 17/26679-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Rafael Victorio Carvalho Guido
Beneficiário:Juliana Oliveira de Souza
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07600-3 - CIBFar - Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos, AP.CEPID
Assunto(s):Citotoxicidade   Química médica   Malária

Resumo

A malária, doença tropical causada por protozoários do gênero Plasmodium, continua uma grande causa de mortalidade, principalmente em crianças abaixo dos cinco anos de idade, gerando problemas socioeconômicos nas populações mundiais de regiões endêmicas. A transmissão da doença ocorre em 91 países, e possui caráter endêmico em regiões tropicais e subtropicais da África, sudeste Asiático e América Latina. Quase metade da população mundial (3,2 bilhões de pessoas) está exposta à transmissão da malária em áreas de risco. Em 2016 foram registrados 216 milhões de casos e 445 mil mortes, a maioria deles na região subsaariana do continente africano. Nas últimas décadas esforços mundiais para a erradicação da malária causaram uma redução marcada no número de casos, no entanto o surgimento e disseminação de parasitos resistentes aos fármacos disponíveis torna de extrema importância a busca de novos agentes quimioterápicos contra a doença. Este projeto de pesquisa visa a descoberta e desenvolvimento de compostos 4-quinolinonas como candidatos a composto líder para o desenvolvimento de novos fármacos antimalárico. Nesse sentido, serão realizados estudos de biologia celular e parasitologia, bem como de química medicinal. Os derivados estudados serão avaliados em ensaios de inibição de crescimento in vitro e in vivo contra cepas sensíveis e resistentes aos antimaláricos convencionais. De forma complementar, serão aplicados ensaios de citotoxicidade e atividade hemolítica para a determinação do perfil toxicológico da série. Também será feito um estudo da relação estrutura atividade da série. Resultados preliminares indicaram atividade antiplasmodial promissora dos derivados 4-quinolinonas e acridonas frente ao Plasmodium falciparum in vitro. Os trabalhos a serem desenvolvidos neste projeto de Mestrado complementarão a experiência obtida no desenvolvimento de projeto de iniciação científica da candidata, e agregarão conhecimento de novas técnicas, no contexto da aplicação de métodos experimentais para a descoberta de novos candidatos a fármacos antimaláricos.O Instituto de Física de São Carlos - USP abriga laboratórios com vasta experiência em química medicinal, consagrados pela criação do Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos (CIBFar-CEPID), e disponibiliza instalações e equipamentos adequados para o processo de busca de novos candidatos a fármacos, agregando todos os fatores fundamentais para a realização do projeto proposto. Além disso, o grupo faz parte do conjunto de laboratórios associados da organização sem fins lucrativos Medicines for Malaria Venture (MMV), atuando como Centro de Triagem e Avaliação de Candidatos a Fármacos Antimaláricos. Em vista disso, os laboratórios do CIBFar-CEPID possuem a infraestrutura para a execução deste projeto de pesquisa em sua totalidade. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.