Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da composição do efluente secundário na desinfecção por UV/O3 e UV/O3/H2O2

Processo: 18/03248-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Renato Falcão Dantas
Beneficiário:José Paulo Diogo Junior
Instituição-sede: Faculdade de Tecnologia (FT). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/17774-1 - Influência da composição do efluente secundário na desinfecção por processos oxidativos avançados, AP.JP
Assunto(s):Processos oxidativos avançados   Peróxido de hidrogênio   Ozônio   Ozonização

Resumo

O processo de tratamento avançado UV/H2O2 demonstrou ser efetivo para a eliminação de contaminantes orgânicos e para a inativação de diversos microrganismos em água. Porém, devido a variação na composição dos efluentes e da variação da porção reativa da matéria orgânica, muitas vezes o agente oxidante é colocado a uma concentração insuficiente ou muito além da desejada, causando aumento nos custos. Nessa parte do projeto, os experimentos seriam feitos com métodos mais potentes com o objetivo de estudar a viabilidade de se aumentar a quantidade de radicais para minimizar a influencia dos agentes inibidores do processo. Os métodos usados seriam UV/O3 e UV/O3/H2O2. (AU)