Busca avançada
Ano de início
Entree

Favelas em Ubatuba/SP: contradições e conflitos no espaço urbano

Processo: 17/11314-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Fundamentos do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Márcio José Catelan
Beneficiário:Eilane Ramos Gomes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia urbana   Urbanização   Espaço urbano   Desigualdade social   Poder aquisitivo   Indicadores socioeconômicos   Favelização   Favelas   Ubatuba (SP)

Resumo

Este projeto busca compreender a distribuição dos serviços e equipamentos urbanos de uso coletivo nas favelas da cidade de Ubatuba, sobretudo as diferenças que existem entre elas, considerando as contradições e os conflitos na produção do espaço urbano. As ações promovidas pelo poder público são inerentes ao sistema capitalista contemporâneo que, todavia, tende - se a refletir mais diretamente nos segmentos com menor poder aquisitivo. Buscaremos compreender esta lógica, nas diversas esferas a fim de fazer um panorama geral da condição atual das favelas no município. Os procedimentos metodológicos baseiam-se nas leituras, nas análises dos mapas e gráficos, imagens de satélites, aplicação de questionários com citadinos e, entrevista com os órgãos públicos, além de levantamento socioeconômico. Os diários de campo também serão utilizados como recurso para construirmos uma tipologia das áreas de favelização em Ubatuba/SP. Assim, a pesquisa tem como objetivo compreender as deficiências nestas áreas de meios de consumo coletivo - infraestrutura, equipamentos e serviços urbanos - além do conflito gerado no processo de constituição do processo de favelização em Ubatuba/SP. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.