Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do processo de reparo alveolar em ratas com deficiência de estrógeno tratadas com OPG-Fc: análise imunoistoquímica, por microtomografia computadorizada e microscopia confocal

Processo: 17/23400-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Roberta Okamoto
Beneficiário:Ana Cláudia Ervolino da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Osteoporose   Reparação alveolar   Modelos animais

Resumo

O presente projeto tem por objetivo avaliar o processo de reparo alveolar após a exodontia do incisivo superior de ratas ovariectomizadas que serão tratadas com Opg-fc, mimetizando a ação do Denosumab, medicamento utilizado na terapia anti-osteoporose. Para o desenvolvimento deste projeto, 36 ratas de três meses serão divididas em três grupos experimentais (SHAM, OVX/ST, OVX/OPG-FC) que serão inicialmente submetidas à ovariectomia ou cirurgia fictícia. Passados 30 dias, as ratas serão submetidas ao tratamento medicamentoso com OPG-Fc (10mg/kg/2 vezes por semana) mantido até o momento da eutanásia. A exodontia do incisivo superior direito será realizada 30 dias após o início do tratamento, sendo o período de análise do reparo alveolar de 60 dias após a exodontia. Após a eutanásia dos animais, de acordo com o período experimental proposto, serão removidas as maxilas contendo os alvéolos em reparação que serão submetidas às análises de microtomografia computadorizada; análise imunoistoquímica com marcação das proteínas OPG, RANKL, TRAP e Osteocalcina e microscopia por epifluorescência. Os dados quantitativos serão submetidos à curva de normalidade para a definição de um teste paramétrico ou não paramétrico, considerando o nível de significância de 5%. (AU)