Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da inibição in vitro dos TLRs 2, 3 e 4 de células de câncer colorretal humano no tratamento com pectinas de mamão papaia

Processo: 18/05900-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Joao Paulo Fabi
Beneficiário:Thales Souza Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/23970-2 - Alterações biológicas das pectinas de mamão com possíveis benefícios à saúde humana, AP.JP
Assunto(s):Neoplasias do cólon   Receptor 4 toll-like   Receptor 3 toll-like   Receptor 2 toll-like   Receptores toll-like   Transdução de sinais   Pectinas   Mamão   Fibras na dieta

Resumo

O câncer atualmente figura entre uma das principais causas de morte no mundo e, dentre os diversos tipos diferentes de tumores, destaca-se o colorretal (CCR). Estudos apontam forte correlação entre sedentarismo e alto consumo de produtos de origem animal associados à baixa ingestão de vegetais, frutas e leguminosas, resultando no baixo consumo de fibras solúveis, componentes amplamente presentes em frutos carnosos, como é o caso do mamão. Dentre as fibras solúveis dos frutos, destacam-se as pectinas, polissacarídeos que podem apresentar atividade antitumoral. Indícios prévios sugerem a possibilidade da interação das pectinas com receptores TLRs de números 2, 3 e 4 das células tumorais, interferindo na via de sinalização celular destes receptores e, consequentemente, interferindo no desenvolvimento e progressão do câncer colorretal. Sendo assim, esta pesquisa visa elucidar sob qual destes receptores a fração solúvel em água rica em pectina da polpa de mamões maduros produz efeitos anti-proliferativos em células de câncer colorretal, in vitro. Para tanto, serão realizadas inibições químicas dos receptores TLR2, 3 e 4 em linhagens celulares de câncer colorretal HCT-116 e HT-29 e os resultados de viabilidade celular após o tratamento com pectinas extraídas de mamões maduros serão comparados com o controle (sem tratamento ou apenas com o tratamento com os inibidores). (AU)