Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito in vitro dos tratamentos de pectinas de mamões verdes e maduros em esferóides de células de câncer de cólon

Processo: 18/06255-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Joao Paulo Fabi
Beneficiário:Israel Simões Beraldo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/23970-2 - Alterações biológicas das pectinas de mamão com possíveis benefícios à saúde humana, AP.JP
Assunto(s):Neoplasias do cólon   Parede celular vegetal   Pectinas   Mamão   Esferoides celulares

Resumo

A parede celular dos vegetais é composta por frações de polissacarídeos indisponíveis para absorção humana, sendo que as pectinas fazem parte dessa fração. Indicativos mostram que o seu consumo pode levar a uma inibição do início e progressão de certos tipos de câncer, pois esses compostos poderiam exercer ação local e sistêmica quando absorvidos pela mucosa intestinal. Entretanto, muitos desses estudos básicos utilizam tratamento de células aderidas em placas (duas dimensões - 2D). Uma próxima etapa seria testar esses compostos em células que tenham crescido em um ambiente tridimensional (3D) pois assim mimetizaria com maior fidelidade o que aconteceria no corpo humano. Sendo assim, o presente projeto visa desenvolver um modelo de cultura 3D (esferoides) para as linhagens celulares de carcinoma colorretal (HT-29 e HCT-116) e avaliar o efeito do tratamento com pectinas extraídas das polpas de mamões verdes e maduros. Espera-se que ao final do projeto seja possível verificar se realmente o tratamento com as pectinas de mamões alterou o crescimento dos esferoides através da interação com componentes da matriz extracelular já previamente verificada pelo nosso grupo em cultura de células bidimensionais. (AU)