Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de associação genômica para habilidade de permanência no rebanho na raça Nelore, considerando diferentes partos

Processo: 17/24272-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Lucia Galvão de Albuquerque
Beneficiário:Diogo Osmar Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Gado Nelore   Genômica

Resumo

É importante economicamente que as vacas permaneçam por maior período de tempo no rebanho, pois a possibilidade de retornar o investimento do custo de criação das novilhas para a reposição do plantel é maior. A habilidade de permanência no rebanho (HPR) é uma das características utilizadas para avaliar a longevidade das matrizes. Definida como a permanência ou não da vaca no rebanho até uma idade específica, a HPR é uma característica binária, que só se expressa após uma idade pré-determinada. Portanto é um fenótipo de expressão tardia, uma vez que o interesse é focado normalmente em idades acima dos 64 meses. A avaliação de reprodutores para esta característica, depende de informação de parentes, principalmente de filhas, o que aumenta o intervalo de gerações. Neste sentido, a identificação das regiões do genoma associadas com a expressão dessa característica, em diferentes partos, pode trazer subsídios para o melhor entendimento da herança desta característica e para sua utilização em programas de melhoramento. Assim, o presente projeto tem como objetivo realizar um estudo de associação genômica ampla utilizando a característica habilidade de permanência no rebanho mensurada em diferentes partos em matrizes da raça Nelore. Para isso, serão utilizados dados fenotípicos e as informações de pedigree de cerca de 200.000 fêmeas provenientes de fazendas que integram três programas de melhoramento genético animal. Um total de 3.869 genótipos estão disponíveis, dos quais 2.974 animais (2.025 fêmeas e 949 touros) foram obtidos utilizando um painel de 777.962 marcadores do tipo SNPs (Illumina BovineHD BeadChip), e 895 animais (715 fêmeas e 180 touros) genotipados por meio do painel GeneSeek® Genomic Profiler Indicus HD - GGP75Ki (NEOGEN), contendo 74.677 marcadores. As análises de associação genômica ampla para cada parto serão realizadas utilizando a metodologia single-step GBLUP (Genomic Best Linear Unbiased Predictor), a qual possibilita incluir informações de todos os animais com fenótipos e genótipos conhecidos em um único passo. Será utilizado um modelo de limiar, dado a distribuição categórica da característica, com grupo de contemporâneos como efeitos fixos e efeitos aleatórios genético aditivo e residual. Com os resultados, almeja-se identificar regiões do genoma que influenciem na expressão desta característica e investigar regiões genômicas em comum relacionados a HPR obtida em diferentes partos, o que permitirá um melhor entendimento e definição da característica estudada. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Diogo Osmar. Estudo de associação genômica para habilidade de permanência no rebanho na raça Nelore, considerando diferentes idades. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.