Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial atual e futuro das áreas marinhas protegidas (AMPs)para preservação da biodiversidade, da função e da resiliência das marinhas rochosas subtidais no Brasil subtropical

Processo: 18/06162-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Daniel Gorman
Beneficiário:Daniel Gorman
Instituição-sede: Centro de Biologia Marinha (CEBIMAR). Universidade de São Paulo (USP). São Sebastião , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/26064-3 - Avaliação do potencial atual e futuro das Áreas Marinhas Protegidas (AMPs) para preservação da biodiversidade, da função e da resiliência das marinhas rochosas subtidais no Brasil subtropical, AP.JP
Assunto(s):Ecologia de ecossistemas   Ecossistemas costeiros   Sistemas bentônicos   Conservação dos recursos naturais   Áreas marinhas protegidas

Resumo

A conservação dos recursos costeiros do mundo requer informações práticas sobre a biodiversidade, a função e a resiliência das paisagens subtidais. Em todo o mundo, dramáticas declinações em importantes habitats, como florestas de algas e recifes de corais, ocorreram devido à incapacidade de proteção das áreas vulneráveis à um número crescente de estressores antropogênicos. Uma abordagem para a salvaguarda dos habitats marinhos tem sido a designação de Áreas Marinhas Protegidas (AMPs) que limitam as atividades permitidas dentro de zonas costeiras únicas ou vulneráveis. Este projeto ampliará nosso conhecimento sobre o valor atual e futuro das AMPs como ferramentas efetivas para preservar a biodiversidade, a função e a resiliência das marinhas rochosas no Litoral Norte de São Paulo. Especificamente, o projeto: (1) desenvolverá e testará métodos para programas de mapeamento de hábitats em várias escalas para ligar padrões de exploração histórica, atual e futura (por exemplo, desenvolvimento costeiro, poluição e pesca) com a qualidade geral dos recifes rochosos; (2) compreenderá melhor, a partir de experiências laboratoriais e de campo, os mecanismos subjacentes à resistência e à resiliência, com ênfase na regulação "de cima para baixo" e "de baixo para cima" destes sistemas subtidais; e (3) reunirá essas informações para avaliar AMPs como meio de preservar a biodiversidade, o funcionamento e os serviços ecossistêmicos no Brasil subtropical. Em geral, o projeto fornecerá e arquivará dados de relevância direta para a política pública e gestão de AMP que podem ajudar a conciliar a conservação da natureza com o uso sustentável das paisagens marinhas e costeiras do Brasil. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GORMAN, DANIEL; PUCCI, MARINELLA; SOARES, LUCY S. H.; TURRA, ALEXANDER; SCHLACHER, THOMAS A. Land-Ocean Connectivity Through Subsidies of Terrestrially Derived Organic Matter to a Nearshore Marine Consumer. ECOSYSTEMS, v. 22, n. 4, p. 796-804, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
GORMAN, DANIEL; MOREIRA, FABIANA TAVARES; TURRA, ALEXANDER; FONTENELLE, FABIANA RIBEIRO; COMBI, TATIANE; BICEGO, MARCIA CARUSO; MARTINS, CESAR DE CASTRO. Organic contamination of beached plastic pellets in the South Atlantic: Risk assessments can benefit by considering spatial gradients. Chemosphere, v. 223, p. 608-615, MAY 2019. Citações Web of Science: 1.
GORMAN, DANIEL; RAGAGNIN, MARILIA N.; TURRA, ALEXANDER. Assessing the resilience of hermit crabs to extrinsic and intrinsic environmental change. ESTUARINE COASTAL AND SHELF SCIENCE, v. 214, p. 25-30, DEC 15 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.