Busca avançada
Ano de início
Entree

Modernismo e Arte Moderna na obra tardia de Adorno

Processo: 18/01504-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Marcos Severino Nobre
Beneficiário:Raquel Patriota da Silva
Supervisor no Exterior: Georg W Bertram
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Freie Universität Berlin, Alemanha  
Vinculado à bolsa:16/00472-8 - Theodor Adorno e a construção do modernismo artístico, BP.DR
Assunto(s):Estética (filosofia)   Arte moderna   Teoria crítica

Resumo

Ao longo do estágio de pesquisa no exterior, pretendemos desenvolver a hipótese lançada em nossa pesquisa doutoral, a saber, a de que a noção de arte moderna passa por importantes mudanças ao longo dos escritos de Adorno. Seguindo o nosso cronograma de pesquisa, deveremos focar na obra tardia de Adorno, na medida em que ela oferece uma concepção mais ampla do modernismo artístico. Por exemplo, em ensaios como "A arte e as artes" e "Transparências do Filme", ambos escritos nos anos 60, Adorno não apenas oferece uma reavaliação do cinema como forma de arte "autêntica" - o que contrasta com seus escritos anteriores, em que considerava o cinema um meio regressivo - como também sugere um alargamento do conceito de arte devido ao processo que nomeia de "imbricação" [Verfransung] dos gêneros artísticos. Pretendemos mostrar que tais transformações não são acidentais. Elas estão, pelo contrário, conectadas a um contexto maior: mudanças significativas na produção artística do pós-guerra desafiaram as anteriores coordenadas interpretativas de Adorno, dele exigindo uma expansão no conceito de "arte moderna". Ao mapear essas mudanças, buscamos compreender as assimetrias e descontinuidades que permeiam sua estética. Assim, o estágio no exterior nos proporcionará a oportunidade de debater e desenvolver nossa pesquisa, e também nos dará a possibilidade de examinar o material inédito de Adorno, disponível em seus arquivos na Alemanha. (AU)