Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da dieta do tamanduá-bandeira: qual porcentagem de fezes deve ser analisada?

Processo: 17/26696-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Rita de Cassia Bianchi
Beneficiário:Daiana Jeronimo Polli
Supervisor no Exterior: Matthew E. Gompper
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Missouri, Columbia (UM), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/22289-0 - Dieta do tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla Linnaeus, 1758) em remanescente de Cerrado no estado de São Paulo, Brasil, BP.IC

Resumo

Embora muitas espécies de mamíferos tenham seus hábitos alimentares descritos, algumas vezes com tamanhos amostrais adequados, existem poucos sobre a dieta do tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla), uma espécie de grande porte ameaçado de extinção. Este estudo visa descrever, por meio de análises de fezes, a dieta do tamanduá-bandeira e melhorar o conhecimento básico sobre a biologia desta espécie. A aplicação adequada de análises estatísticas permitirá além da descrição da dieta, a elaboração de um protocolo adequado para a espécie por meio de tanálises estatísticas dos dados. A realização do estágio de pesquisa com o professor Matthew Gompper da Universidade de Missouri nos Estados Unidos, perimitirá que novas análises sejam realizadas e portanto, o projeto se torne inovador. O professor Gompper é um renomado pesquisador na área de ecologia de mamíferos e realiza pesquisas relevantes cujos resultados são publicados em revistas de alto impacto. Dessa forma, a aluna poderá aprimorar seus conhecimentos nos estudos de animais selvagens, conhecendo metodologias de campo, práticas de laboratório e novas análises estatísticas. As análises deste projeto serão embasadas nos dados obtidos na dieta do tamanduá-bandeira, serão realizados testes para identificar qual o melhor estimador de riqueza, comparação da presença/ausência e biomassa e das curvas de rarefação e análises multivariadas, como NMDS e PCAs para descrição da dieta. Se aprovada, a aluna participará ativamente na realização das análises propostas e no aprimoramento de seus conhecimentos com a participação em outros projetos desenvolvidos pelo grupo de pesquisa permitindo a qualificação e aprimoração da estudante. Além disso permitirá fortalecer a parceria entre o grupo de pesquisa que a aluna faz parte com o grupo do professor Gompper.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.