Busca avançada
Ano de início
Entree

Assimetria postural e controle do equilíbrio durante a postura ereta prolongada em indivíduos com dor lombar crônica: efeito da restrição da tarefa

Processo: 17/22857-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Janina Manzieri Prado Rico
Beneficiário:Gabriela Otsubo Camilo dos Santos
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade de vida   Atividades cotidianas   Equilíbrio postural   Controle postural   Dor lombar   Assimetria   Peso corporal

Resumo

A permanência em pé por um período prolongado de tempo exige que os indivíduos realizem periodicamente mudanças posturais, que podem favorecer a adoção de posturas mais assimétricas. No entanto, indivíduos com dor lombar crônica realizam menos mudanças posturais e, portanto, permanecem menos assimétricos na postura prolongada. Ainda não é claro os motivos da adoção desse tipo de postura, mais simétrica e fixa, em função da dor lombar. Dessa forma, o presente estudo investigará as assimetrias posturais e controle postural de adultos sadios e com dor lombar crônica durante a postura ereta. Indivíduos divididos igualmente entre sadios e com sintoma de dor lombar permanecerão em diferentes restrições posturais por 25 minutos, enquanto serão avaliadas as assimetrias na distribuição de peso corporal entre membros inferiores ao longo do tempo e deslocamento do centro de pressão produzido por cada membro inferior. Acredita-se que indivíduos com dor lombar crônica adotarão posturas menos assimétricas. O presente estudo pode trazer novos entendimentos sobre o impacto da dor lombar em atividades prolongadas na postura ereta realizadas no dia a dia para seres humanos. Além disso, tais achados podem ser usados para orientar trabalhadores que precisam permanecer em uma postura estática por tempo prolongado para executar as atividades ocupacionais e, talvez, para reduzir o número de ausência no trabalho. (AU)