Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da expressão de COX-2 e efeito antitumoral do piroxicam e firocoxib em tumorspheres de carcinomas protáticos caninos e carcinomas mamários de cadelas

Processo: 17/25822-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Fonseca Alves
Beneficiário:Camila Dorotea Costa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia veterinária   Neoplasias em animal   Neoplasias mamárias   Neoplasias da próstata   Células-tronco neoplásicas   Ciclo-oxigenase 2   Piroxicam   Modelos animais de doenças   Cães

Resumo

A neoplasia mamária é o tipo de tumor mais comumente diagnosticado em cadelas com idade média de 10 anos. Nos cães machos, as neoplasias prostáticas são incomuns, atingindo apenas 0,6% dos machos. No entanto, quando um cão tem diagnóstico de carcinoma prostático, o prognóstico é desfavorável e comumente evolui com o óbito do paciente devido à doença. Na população humana, os carcinomas mamários e as neoplasias prostáticas são as mais incidentes no Brasil e no mundo. E o cão é considerado um modelo natural para estudo das duas doenças no homem. A origem do câncer em homens e animais ainda é muito discutida, e acredita-se que as células tronco tumorais (CTT) são responsáveis pela iniciação e propagação dos tumores. Em diferentes carcinomas, a expressão de COX-2 tem correlação com a presença de células tronco tumorais. As CTT superexpressão COX-2 durante o seu processo de propagação e diferenciação. Devido à habilidade das CTT em evadir os protocolos terapêuticos tradicionais (quimioterapia e radioterapia), a presente pesquisa se propõe a avaliar a expressão de COX-2 em tumorespheres e avaliar o efeito antiproliferativo e pró-apoptótico do tratamento in vitro com Firocoxib e Piroxicam. Devido à importância do cão como modelo em oncologia comparada, nos propomos realizar os ensaios em amostras de cultura de tumores caninos e linhagens de tumores humanos. Para isolar as células tronco tumorais, será realizado o cell sorting, isolando células que apresentem marcação positiva para CD44, OCT3/4 e ALDH1 e marcação negativa para CD24. Após separação da população de células com marcação positiva para marcadores de CTT, será realizado ensaio de tumorspheres, para confirmação do fenótipo de célula tronco da população isolada e tratamento das células com as respectivas drogas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COSTA, CAMILA DOROTEA; JUSTO, ANDRE AUGUSTO; KOBAYASHI, PRISCILA EMIKO; STORY, MICHELLE M.; PALMIERI, CHIARA; AMORIM, RENEE LAUFER; FONSECA-ALVES, CARLOS EDUARDO. Characterization of OCT3/4, Nestin, NANOG, CD44 and CD24 as stem cell markers in canine prostate cancer. INTERNATIONAL JOURNAL OF BIOCHEMISTRY & CELL BIOLOGY, v. 108, p. 21-28, MAR 2019. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.