Busca avançada
Ano de início
Entree

Sensores flexíveis para detecção de biomarcadores com procedimentos não invasivos

Processo: 17/26666-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Beneficiário:Paulo Augusto Raymundo Pereira
Supervisor no Exterior: Joseph Wang
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of California, San Diego (UC San Diego), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/01919-6 - Design e fabricação de dispositivos flexíveis nanoestruturados para detecção de biomarcadores, BP.PD
Assunto(s):Biomarcadores

Resumo

Este projeto visa desenvolver dispositivos flexíveis de ouro ou platina obtidos por fotolitografia em tereftalato de polietileno (PET). Estas superfícies flexíveis nanoestruturadas serão caracterizadas por técnicas eletroquímicas (voltametria cíclica, espectroscopia de impedância eletroquímica) e serão usadas para detectar biomarcadores, como ácido úrico, ácido ascórbico, dopamina e NADH em procedimentos não-invasivos. Os dispositivos também serão revestidos com monocamadas auto-assentadas (SAM - ácido mercaptoacético e 11-mercaptoundecanóico) para preparar a superfície para imobilização de biomoléculas, como enzimas e/ou anticorpos. Este revestimento será analisado utilizando técnicas eletroquímicas (voltammetria e espectroscopia de impedância eletroquímica). Os biossensores serão então empregados para detectar lactato e colesterol no suor, aplicando os dispositivos flexíveis diretamente sobre a pele durante atividades físicas, enquanto a detecção de glicose e cortisol será realizada na saliva, evitando assim métodos invasivos.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.