Busca avançada
Ano de início
Entree

Variabilidade da Corrente do Brasil e do clima da América do Sul durante o último glacial: avaliação das temperaturas da superfície do mar através de análises de Mg/Ca e de pulsos de sedimentos terrígenos através de análises de Fluorescência de Raios-X

Processo: 18/06790-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 09 de julho de 2018
Vigência (Término): 03 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Cristiano Mazur Chiessi
Beneficiário:Marília de Carvalho Campos
Supervisor no Exterior: Stefan Mulitza
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Bremen, Alemanha  
Vinculado à bolsa:16/10242-0 - Ocorrência e impacto da mega-Zona de convergência do Atlântico Sul na porção leste da América do Sul durante o último período glacial: uma abordagem paleoceanográfica, BP.DR
Assunto(s):Mudança climática   Foraminifera

Resumo

As correntes de contorno oeste do Atlântico Sul exercem um papel fundamental na distribuição de energia entre os hemisférios. A Corrente do Brasil (CB), por exemplo, estoca e redireciona para as latitudes médias do Hemisfério Sul uma porção significativa de calor em períodos de desintensificação da Atlantic Meridional Overturning Circulation (AMOC). Adicionalmente, a CB influencia a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que é responsável pela precipitação de verão em grande parte da América do Sul. A ZCAS também é uma fonte crucial de precipitação para a bacia de drenagem do rio São Francisco, a maior bacia de drenagem do leste da América do Sul (LAS), cujas respostas a eventos climáticos de escala milenar ainda são pouco conhecidas. Os dados obtidos até o momento no âmbito do projeto de Doutorado da candidata são muito promissores e provavelmente permitirão uma melhora significativa no entendimento sobre mudanças de escala milenar na CB e no clima do LAS. Este estágio de pesquisa visa reconstituir (i) a variabilidade das temperaturas da superfície do mar da CB e (ii) mudanças na precipitação sobre a bacia de drenagem do rio São Francisco através de pulsos de sedimentos terrígenos ao redor de 10,5°S para o último período glacial baseado em análises de Mg/Ca em testas de foraminíferos planctônicos e em análises de fluorescência de raios-X em sedimento total, respectivamente. Para tanto, serão investigados os testemunhos sedimentares marinhos M125-95-2/3, coletados em um sítio sob a influência da CB e sujeito a descarga de sedimentos terrígenos oriundos da bacia de drenagem do rio São Francisco.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.