Busca avançada
Ano de início
Entree

Fórmulas infantis modelo: influência do tipo de proteína e do tipo de óleo nas propriedades das emulsões e das partículas e seu impacto na lipólise, proteólise e desintegração durante a digestão in vitro

Processo: 17/08130-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Miriam Dupas Hubinger
Beneficiário:Guilherme de Figueiredo Furtado
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/01084-0 - Digestão dinâmica in vitro de fórmulas infantis modelo, BE.EP.PD
Assunto(s):Ácidos graxos   Proteínas   Fórmulas infantis   Digestibilidade   Spray drying

Resumo

O leite materno é fundamental para o desenvolvimento das crianças, e na impossibilidade da criança receber leite materno, faz-se necessário recorrer ao uso de fórmulas infantis, que não possuem as vantagens do leite materno, mas, apesar de serem feitas a partir do leite de vaca, são modificadas para facilitar a digestão e enriquecidas para oferecer os nutrientes necessários para cada fase da infância. Neste contexto, existe uma necessidade frequente de desenvolver novas formulações que contenham apelo funcional para atender às demandas científicas e tecnológicas. Este projeto tem como objetivo desenvolver fórmulas infantis modelo usando diferentes tipos de proteínas e óleos, a fim de avaliar a influência das interações entre os ingredientes utilizados nas características estruturais das emulsões e dos pós obtidos, e no seu comportamento sob as condições simuladas do trato gastrointestinal infantil. Para atingir os objetivos propostos neste projeto, a pesquisa será dividida em três etapas: na primeira parte, serão produzidas emulsões utilizando diferentes ingredientes, sendo estas emulsões devidamente caracterizadas. Na segunda parte do trabalho, as fórmulas infantis serão produzidas através da secagem das emulsões em secador spray dryer variando as condições de secagem. Após a secagem, as fórmulas serão devidamente caracterizadas. Na terceira etapa será realizado o estudo da digestibilidade in vitro, para avaliar a influência da composição das fórmulas infantis modelo no comportamento das mesmas sob as condições simuladas do trato gastrointestinal infantil. Portanto, espera-se desenvolver fórmulas infantis contendo diferentes ingredientes com potencial tecnológico e nutricional para aplicação na indústria alimentícia.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.