Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica de metais traço na digestão anaeróbia de vinhaça: efeito da suplementação de BA

Processo: 18/00213-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcelo Zaiat
Beneficiário:Adriana Ferreira Maluf Braga
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/06246-7 - Aplicação do conceito de biorrefinaria a estações de tratamento biológico de águas residuárias: o controle da poluição ambiental aliado à recuperação de matéria e energia, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/21370-7 - Estratégia de valorização de compostos fenólicos provenientes de resíduos agro-industrial, BE.EP.PD
Assunto(s):Biorrefinarias

Resumo

Considerando o conceito de biorrefinaria em plantas de produção de etanol, a utilização de sistemas anaeróbios em duas fases representa uma alternativa para a produção de H2 e CH4 a partir de um de seus subprodutos, a vinhaça. Especialmente em sistemas anaeróbios com separação de fases, há a possibilidade de adequação de cada reator, acidogênico e metanogênico, às necessidades específias do consórcio microbiano desejado, de forma a otimizara produção de H2 na primeira etapa, e de CH4 no reator subsequente. Os metais traço (MT) são importantes para o estabelecimento de condições apropriadas para crescimento e desenvolvimento das atividades catabólicas dos diferentes microrganismos presentes em sistemas anaeróbios, uma vez que estão envolvidos na composição e atuação de enzimas e co-fatores enzimáticos participantes nas rotas metabólicas da produção de H2 e CH4. Nesse sentido, a dinâmica de MT e sua biodisponibilidade em sistemas anaeróbios pode ser uma importante ferramenta para aumentar a performance desses sistemas. Assim, propõem-se o estudo de um sistema anaeróbio em duas fases para o tratamento termofílico da vinhaça, utilizando reatores de leito fixo ordenado, adicionando Ba e monitorando a dinâmica de metais. O objetivo é promover a precipitação do Ba com o CO2 dissolvido na forma de BaCO3, inibindo o desenvolvimento da homoacetogênese, e promover a precipitação do sulfato para evitar a competição entre as arqueas metanogênicas e as bactérias redutoras de sulfato, bem como a precipitação de MT essenciais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NUNES FERRAZ, ANTONIO DJALMA JUNIOR; INES ETCHELET, MARIA; MALUF BRAGA, ADRIANA FERREIRA; CLAVIJO, LEONARDO; LOACES, INES; NOYA, FRANCISCO; ETCHEBEHERE, CLAUDIA. Alkaline pretreatment of yerba mate (Ilex paraguariensis) waste for unlocking low-cost cellulosic biofuel. FUEL, v. 266, APR 15 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.