Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito da apneia obstrutiva do sono sobre o comprimento telomérico e seus mecanismos associados

Processo: 18/00955-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Sergio Tufik
Beneficiário:Priscila Farias Tempaku
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sono   Apneia obstrutiva do sono   Telômero   Estresse oxidativo   Mediadores da inflamação

Resumo

A Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) é um distúrbio de sono de elevada prevalência e morbidade. Dentre os fatores associados à sua fisiopatologia, destaca-se o papel da hipóxia intermitente, a qual contribui com o desenvolvimento do estresse oxidativo e da inflamação. Sabe-se que níveis cumulativos desses fatores influenciam negativamente a porção final do DNA, denominada telômero. Portanto, hipotetizamos que a AOS seja capaz de acelerar o processo de envelhecimento por meio do encurtamento telomérico mediado por marcadores inflamatórios e oxidativos. Assim, o objetivo do estudo será investigar o efeito da AOS e do seu tratamento com CPAP sobre a variação do comprimento dos telômeros e seus mecanismos associados. Para isso, será conduzido um estudo clínico randomizado duplo-cego e sham-controlado com duração de 6 meses. Serão recrutados 76 participantes do sexo masculino, com diagnóstico de AOS (índice de apneia-hipopneia e 15/hora), idade entre 35-65 anos e índice de massa corpórea <35 kg/m2; os quais serão randomizados para uso de CPAP ou sham-CPAP ao longo de 6 meses. Os participantes irão realizar 6 visitas (basal e após 1, 4, 6, 12 e 24 semanas), nas quais serão submetidos à avaliação clínica e otorrinolaringológica, aplicação de questionários de sono, polissonografia e coleta de sangue para extração de DNA e mensuração do comprimento dos telômeros, bem como ensaios de expressão da telomerase e quantificação de mediadores inflamatórios e oxidativos (ADMA, homocisteína, cisteína, TBARS, 8-oxodG, TNF-±, IL-6 e IL-10). Esse projeto pretende contribuir com elucidação do efeito da AOS na manutenção do comprimento dos telômeros, bem como os mecanismos adjacentes a essa relação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.