Busca avançada
Ano de início
Entree

Técnicas para elaboração da cartografia do risco térmico em áreas urbanas: o caso Cuiabá MT

Processo: 18/08339-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim
Beneficiário:Aristoteles Teobaldo Neto
Supervisor no Exterior: Lucio Jose Sobral da Cunha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Coimbra (UC), Portugal  
Vinculado à bolsa:16/03599-9 - Clima Urbano em Cuiabá/MT: A dimensão do risco em áreas de alta Vulnerabilidade Socioespacial., BP.DR
Assunto(s):Vulnerabilidade   Microclima urbano

Resumo

O projeto intitulado "Clima Urbano em Cuiabá/MT: A dimensão do risco em áreas de alta Vulnerabilidade Socioespacial", o qual esta proposta de estágio está vinculada, tem por principal objetivo avaliar a dimensão do risco climático urbano, relacionado ao campo térmico. O aumento da vulnerabilidade, dos riscos e dos desastres em todo o Planeta, provocou um interesse crescente nesta temática nos últimos anos. Tendo em vista a definição do Risco pelas dimensões da Vulnerabilidade e do Perigo, foi elaborado o índice de vulnerabilidade urbana, baseado no modelo português de Vulnerabilidade Social. Por outro lado, considerou-se o estudo da Ilha de Calor Urbana, enquanto variável explicativa do Perigo, relacionada ao campo térmico. No atual estágio da pesquisa, já estão concluídos os modelos cartográficos do Perigo (modelagem espacial da ilha de calor urbana) e da Vulnerabilidade (índice de vulnerabilidade social). Pretende-se avançar com a elaboração da cartografia do risco térmico, como uma metodologia para análise do risco em áreas urbanas tropicais. Propõe-se partir de uma matriz de integração do índice de vulnerabilidade social urbana e do Perigo já elaborados para a área urbana de Cuiabá, MT, Brasil. Para tanto, busca-se o apoio, por meio de estágio, com um professor supervisor que possui expressiva produção científica e cujo grupo de pesquisa (CEGOT) reúne pesquisadores de reconhecida excelência nas produções científicas relacionadas ao tema Riscos naturais no Brasil e em Portugal. (AU)