Busca avançada
Ano de início
Entree

Hidrólises do bagaço de cana-de-açúcar em água e CO2 subcríticos para produção de ácido levulínico

Processo: 18/06294-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Pesquisador responsável:Rubens Maciel Filho
Beneficiário:Emília Savioli Lopes
Supervisor no Exterior: Solange Ines Mussatto Dragone
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Technical University of Denmark (DTU), Dinamarca  
Vinculado à bolsa:15/17592-3 - Otimização da produção e obtenção do ácido levulínico a partir do bagaço e melaço de cana-de-açúcar, BP.DR
Assunto(s):Ácidos levulínicos   Biomassa lignocelulósica   Hidrólise   Biorrefinarias

Resumo

O uso da biomassa lignocelulósica como substituto futuro dos combustíveis fósseis depende do desenvolvimento bem-sucedido de estratégias de biorrefinaria para a produção de blocos de construção derivados renováveis. Neste contexto, o ácido levulínico tem sido apontado como um ácido orgânico derivado de polissacarídeos com um grande potencial para várias aplicações, tais como produtos químicos finos, combustíveis, aditivos para combustíveis, produtos farmacêuticos e pesticidas. Tendo isso em mente, o objetivo deste projeto será investigar a produção de ácido levulínico por hidrólise em água e CO2 subcrítico (SbWH e SbCO2H) do bagaço de cana-de-açúcar. Esta técnica tem sido considerada um processo catalítico ambientalmente correto, com potenciais aplicações em reações de síntese. Além disso, o CO2 também é um químico atraente para a química orgânica porque não é tóxico, não é inflamável, é barato e renovável, estando de acordo com os princípios da química verde. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.