Busca avançada
Ano de início
Entree

A produção de sabão no século XVIII: um estudo das contribuições de Nicolas Leblanc e de seu contexto histórico

Processo: 18/07209-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 02 de julho de 2018
Vigência (Término): 01 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História das Ciências
Pesquisador responsável:Luciana Massi
Beneficiário:Andriel Rodrigo Colturato
Supervisor no Exterior: Isabel Maria Coelho de Oliveira Malaquias
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Aveiro (UA), Portugal  
Vinculado à bolsa:17/01540-0 - Reconstruindo a história da produção de sabão sob uma perspectiva marxista: saber popular e saber científico na pedagogia histórico crítica, BP.IC
Assunto(s):História da química   Marxismo   História cultural   Materialismo histórico   Conhecimento científico   Senso comum   Produção (economia)   Sabão   Pesquisa bibliográfica

Resumo

O objetivo principal da proposta de pesquisa de Bolsa no País é produzir um levantamento histórico e reconstruir a história da produção de sabão considerando os saberes populares e científicos, adotando uma perspectiva marxista e externalista. Com essa finalidade, fizemos buscas em bases de dados especializadas em história da ciência. Obtivemos um total de seis trabalhos, cujas elaborações históricas se mostraram simplistas, baseadas em datas e fatos em formato enciclopédico, características hoje superadas na área de História da Ciência. Evidenciamos que a história do sabão é pouco estudada e apresentada de forma sintética e difusa, sendo assim, optamos por estudar especialmente o cientista Nicolas Leblanc. Constatamos ainda que há a necessidade de buscarmos métodos historiográficos que atendam aos critérios estabelecidos pelos historiadores da ciência. Nesse sentido, optamos por elaborar esta proposta para a Bolsa de Pesquisa no Exterior, na Universidade de Aveiro, sob supervisão da Professora Isabel Malaquias, especialista na área. Neste local, poder-se-ia ampliar as metodologias e fontes históricas, uma vez que haverá a possibilidade de visitar bibliotecas da instituição com materiais históricos relevantes para o tema. A Universidade de Aveiro também tem acesso a um grande conjunto de revistas, as quais podem acessadas pelas bases de dados e catálogo específicos de história da tecnologia, como "B-on" e "Literatura Cinzenta". Desta maneira, o bolsista terá acesso aos dados até então não acessíveis para realizar uma investigação mais aprofundada e coerente metodologicamente, além de adquirir qualidades no exterior que contribuam para a articulação com as pesquisas mais recentes de história da ciência e para sua própria formação. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.