Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos cumulativos da fragilidade cognitiva, do estresse e da sobrecarga sobre o risco para mortalidade, hospitalizações, quedas e declínio funcional em idosos cuidadores: follow-up de quatro anos

Processo: 18/00265-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Sofia Cristina Iost Pavarini
Beneficiário:Allan Gustavo Brigola
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Mortalidade   Sobrevida   Geriatria   Cuidadores   Fatores de risco

Resumo

A ocorrência simultânea de declínio cognitivo e fragilidade física, denominada fragilidade cognitiva, é apontada como um fator de risco para desfechos adversos à saúde, como ocorrência de hospitalizações, declínio na funcionalidade e óbito em idosos. Paralelamente, o estresse e a sobrecarga do cuidado têm se mostrado como fatores de risco para tais desfechos em cuidadores. Não existem evidências de que ambas as condições, fragilidade cognitiva e estresse/sobrecarga, apresentam efeitos aditivos sobre os desfechos. Assim, o objetivo desse estudo é analisar os efeitos cumulativos da fragilidade cognitiva e do estresse/sobrecarga do idoso cuidador sobre desfechos adversos (outcomes) em um acompanhamento de quatro anos. Esta proposta foi elaborada a partir da primeira coleta de dados (baseline) realizada em 2014 no âmbito do Programa Saúde da Família do Município de São Carlos, localizado na região centro-oeste do interior do Estado de São Paulo. A coleta compreendeu a ampla avaliação geriátrica-gerontológica de 702 participantes, incluindo dados de 351 cuidadores e seus 351 respectivos idosos receptores de cuidado (não cuidadores). Na baseline, função cognitiva global e funções cognitivas específicas (bateria ACE-R), fragilidade física (cinco critérios do fenótipo de Fried e colaboradores) e o bem estar psicológico e emocional relacionado ao cuidado (Escala de Estresse Percebido, Inventário de Sobrecarga de Zarit) foram variáveis coletadas. Adicionalmente, foram mensurados o estado da saúde global e o contexto do cuidado. A fragilidade cognitiva foi definida como a presença concomitante de declínio cognitivo e fragilidade física nos participantes avaliados na baseline. Os dados sobre os desfechos serão coletados no ano de 2018 e compreendem (re) visitas domiciliárias para o levantamento de informações de óbito, causas e data e ocorrência de hospitalizações e quedas no último ano para os participantes sobreviventes, bem como a avaliação da funcionalidade por meio do Índice de Katz e da Escala de Atividades da Vida Diária de Lawton e Brody. Serão conduzidas análises transversais e longitudinais utilizando regressões logísticas para associações entre fragilidade cognitiva e estresse/sobrecarga na baseline e a ocorrência de hospitalização, quedas e declínio funcional após quatro anos. Taxas sobre óbitos serão calculadas e modelos de regressão de Cox serão construídos para testar os efeitos cumulativos das variáveis da baseline como fatores de risco para mortalidade all-cause.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRIGOLA, ALLAN GUSTAVO; OTTAVIANI, ANA CAROLINA; ALEXANDRE, TIAGO DA SILVA; LUCHESI, BRUNA MORETTI; IOST PAVARINI, SOFIA CRISTINA. Cumulative effects of cognitive impairment and frailty on functional decline, falls and hospitalization: A four-year follow-up study with older adults. ARCHIVES OF GERONTOLOGY AND GERIATRICS, v. 87, MAR-APR 2020. Citações Web of Science: 0.
ALLAN GUSTAVO BRIGOLA; ANA CAROLINA OTTAVIANI; DANILO HENRIQUE TREVISAN CARVALHO; NATHALIA ALVES OLIVEIRA; ÉRICA NESTOR SOUZA; SOFIA CRISTINA IOST PAVARINI. Association between cognitive impairment and criteria for frailty syndrome among older adults. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, v. 78, n. 1, p. 2-8, Jan. 2020. Citações Web of Science: 0.
ALLAN GUSTAVO BRIGOLA; MAYARA CAROLINE BARBIERI; BRUNA MORETTI LUCHESI; ELIANE DA SILVA GRAZZIANO; REGIMAR CARLA MACHADO; GISELLE DUPAS; SOFIA CRISTINA IOST PAVARINI. Association between depressive syndrome and visual complaints among elderly caregivers. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, v. 67, n. 4, p. -, Dez. 2018.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.