Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução da musculatura esquelética de Gymnotiformes (Teleostei: Ostariophysi)

Processo: 18/05084-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Aléssio Datovo da Silva
Beneficiário:Luiz Antonio Wanderley Peixoto
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/19075-9 - Diversidade e evolução de Gymnotiformes (Teleostei, Ostariophysi), AP.TEM
Assunto(s):Anatomia comparada   Peixes elétricos   Ictiologia   Filogenia

Resumo

Apesar de constituir valiosa fonte de informação filogenética, a musculatura esquelética de Gymnotiformes tem sido praticamente inexplorada pelos sistematas. Menos de 2% dos caracteres morfológicos empregados nas maiores análises filogenéticas já publicadas com a ordem são de origem miológica. Todas as demais publicações sobre a musculatura dos Gymnotiformes possuem um caráter primordialmente descritivo, com o exame apenas alguns poucos músculos cranianos em menos de uma dezena de espécies. O presente projeto propõe o estudo inédito da musculatura facial, gular, branquial, do tronco e nadadeiras em uma ampla amostragem taxonômica de Gymnotiformes. Essa abordagem possibilitará o entendimento aprofundado da evolução dos principais complexos musculares na ordem e sua importância para a filogenia dos Gymnotiformes. É prevista a publicação de trabalhos impactantes de miologia comparada e de análises cladísticas com o grupo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Nova espécie de peixe-elétrico emite a maior voltagem já registrada em um animal 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (158 total)
Mais itensMenos itens
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.