Busca avançada
Ano de início
Entree

Cinema, método historiográfico e passagens intermidíaticas

Processo: 18/05762-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Comunicação Visual
Pesquisador responsável:Samuel José Holanda de Paiva
Beneficiário:Samuel José Holanda de Paiva
Anfitrião: Lucia Nagib
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Reading, Inglaterra  
Assunto(s):Cinema

Resumo

Este projeto pretende investigar um método historiográfico voltado ao cinema, construído sobre a perspectiva da Intermidalidade, dando continuidade a uma pesquisa anterior intitulada Projeto IntermIdia. Algumas perguntas que guiam a investigação são: como uma abordagem intermidiática pode fundamentar a história do cinema brasileiro? Como as relações intermidiáticas no cinema do Brasil se relacionam histórica e geograficamente? Os objetos de estudo são filmes da "Retomada do Cinema Brasileiro" (NAGIB, 2002), com foco voltado ao chamado Árido Movie, de Recife, considerado como a vertente cinematográfica do movimento Manguebeat, compreendendo-se, contudo, suas relações comparadas com São Paulo. Nesse sentido, o proponente desta proposta em conjunto com a Profa. Lúcia Nagib, diretora do CFAC - Centre for Film Aesthetics and Cultures, da University of Reading, pretendem analisar conjuntamente várias entrevistas já realizadas por ambos com cineastas de Recife e São Paulo, considerando especialmente a relação do cinema com a música e com a realidade desses dois locais específicos e inter-relacionados em termos de intercâmbios de seus cineastas. Considerando-se as relações intermidiáticas desses lugares, está dada como hipótese a possibilidade de "passagens", no sentido proposto por Walter Benjamin, (2007) de construção da História a partir de um princípio de montagem, aqui, no caso, entre o cinema e outras artes e entre distintas geografias e realidades.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Prólogos do Cinema Silencioso no Brasil